Swift

TOP 10: Atores que chegaram ao extremo por seus personagens


Todos nós imaginamos que atuar seja um trabalho muito divertido, mas de fato requer muito esforço por parte dos atores. Contudo, alguns levam ao extremo essa dedicação e acabam sofrendo consequências psicológicas e físicas para entrar em determinados personagens. Confira abaixo a lista de atores que foram ao extremo por conta de seus papéis.

1. Heath Legder em "Batman - O Cavaleiro das Trevas"

screen-shot-2015-08-11-at-2-45-34-pm-png movie

O ator ganhou o Oscar póstumo de "Melhor Ator Coadjuvante" por sua interpretação. Mas para está performance memorável, Ledger se trancou por um mês em um quarto de hotel e não se encontrou com ninguém. Durante este período, ele escrevia em um caderno de anotações coisas que seu personagem, Coringa, acharia engraçado.

Ele também não comia e sofreu de depressão, tendo chegado ao ponto de ter que tomar remédios controlados. 

Eventualmente a combinação de insônia, depressão e remédios controlados levaram a sua morte.

2. O elenco de 'Um estranho no Ninho"
   

Muitos não sabem que todo o elenco do filme morou em um hospital psiquiátrico para se preparar para os seus respectivos papéis, causando problemas psicológicos em alguns atores.

Danny Devito criou um amigo imaginário durante as filmagens com o objetivo de tornar seu personagem o mais real possível. Outro ator, Sydney Lassick, sofreu um colapso nervoso no último dia de filmagem. Por fim, Louise Fletcher, que interpreta a enfermeira Ratched, tirou suas roupas e ficou nua na frente de todo o elenco e equipe para provar que era uma mulher de verdade.

3Daniel Day Lewis em "Meu Pé Esquerdo"


O ator utiliza técnicas bem incomuns para 'encarnar' seus personagens. No longa "Meu Pé Esquerdo", Lewis interpretou uma pessoa com paralisia cerebral, tendo permanecido durante todo o processo de filmagem em uma cadeira de rodas. O que acarretou em duas costelas quebradas para o ator.

Além disso, ele se recusava a sair do personagem. O que significava que a equipe tinha que dar comida na boca do ator durante os intervalos das gravações.

4. Christian Bale em "O Operário"

christian-bale-machinist

Conhecido por suas drásticas transformações, Christian Bale arriscou sua saúde para  interpretar Trevor Reznik em "O Operário". O ator perdeu 28 quilos para o papel - decisão dele mesmo - sem nenhum acompanhamento médico. Mesmo após ter sido advertido por médicos sobre o risco do ato, Bale criou uma dieta em que consistia em uma lata de atum e uma maçã por dia. Apesar de querer emagrecer mais ainda, este foi impedido pela produção devido aos riscos graves que acarretaria em sua saúde.

5. Jim Carrey em "O Mundo de Andy"


Apesar de ser conhecido como um comediante, Jim Carrey já provou que sabe fazer papéis drámaticos, porém em "O Mundo de Andy" se aprofundou demais em seu personagem. Para viver Andy Kaufman, o ator se distanciou de familiares e amigos, como também, só aceitava ser chamado de Andy ou Tony (o alter egor de Kaufman).

Outro fator curioso é que o ator queria tanto vivenciar as experiências de seu personagem que ao reencenar a briga ocorrida entre Andy e o lutador de MMA, Jerry Lawler, no programa "Late Night with David Letterman", este pediu para que o lutador - que iria interpretar ele mesmo na produção - desse a chave de braço que deixou Kaufman hospitalizado por três dias. Por óbvio este pedido foi negado tanto pelo lutador como pela produção, o que deixou Jim Carrey furioso, ocasionando uma grande briga no set de filmagens.

No fim das contas, na recriação da polêmica cena, Lawler deu um tapa de verdade no ator e Carrey ficou satisfeito.

6. Natalie Portman em "Cisne Negro"


A atriz treinava oito horas por dia balé, como também, perdeu cerca de 9 quilos para viver a bailarina em busca da perfeição, no filme de Darren Aronofsky. Com um treinamento rigoroso e uma dieta restrita, Portman acabou deslocando uma de suas costelas durante os treinos. Segundo ela, durante algumas noites ela pensava que realmente fosse morrer devido as privações que teve que enfrentar  para o papel.

7. Adrien Brody em "O Pianista"


Em 2003, o ator ganhou o Oscar de "Melhor Ator" por sua atuação em "O Pianista". Para dar vida a Wladyslaw Szpilman, o pianista que sobreviveu aos horrores do Gueto de Varsóvia, o ator perdeu 12 quilos além de ter vendido seu celular, carro e apartamento. Assim como, terminou um relacionamento de longa data, tudo para entrar no 'corpo' de um homem que perdeu tudo.

8. Anne Hathaway em "Les Miserables"


Para viver Fantine em "Les Miserables", a atriz perdeu quase 10 quilos - comendo apenas mingau por semanas - e raspou a cabeça. Entretanto, Anne ficou obcecada pela personagem, tendo demorado semanas para sair do papel e voltar ao mundo real. Também admitiu que todo o processo foi mentalmente e psicologicamente exaustivo para ela.

9. Robert DeNiro em "Cabo do Medo"


Ao viver o sociopata Max Cady, Robert De Niro não sossegou até achar um dentista que estragasse/deformasse seus dentes para que desse mais realismo ao personagem que passou anos na prisão. No fim das contas, o ator conseguiu achar um profissional bastante corajoso para a tarefa e teve que desembolsar o valor de US$ 20.000 para o procedimento.

10. Rooney Mara em "Millennium: Os Homens que Não Amavam as Mulheres"


Apesar de Millennium não fazer jus a adaptação sueca, Rooney Mara para se transformar na hacker Lisbeth Salander pintou o cabelo, clareou as sobrancelha e colocou todos os piercings que sua personagem possuia.

Para vocês terem noção, a atriz antes não tinha nem a orelha furada, mas resolveu furar sua boca, orelha, nariz, sobrancelha e seios para 'entrar' na personagem.



Definitivamente nenhum desses métodos são aconselháveis, porém só demonstram o amor que esses atores tem a suas profissões e aos trabalhos que estão envolvidos. Você conhece algum ator que também foi longe demais para um papel ? Deixe nos comentários.

LEIA TAMBÉM