Swift

5 super-heroínas que merecem um filme solo


Os filmes de super-heróis têm mostrado que podem ser um sucesso comercial. Com uma recepção positiva do público e, em grande parte, da crítica, esse gênero se solidificou na indústria e hoje estúdios produzem filmes com esta temática frequentemente. 

Contudo, por mais que vibremos com nossos heróis favoritos tomando vida no cinema, devemos lembrar que a maioria dos personagens são masculinos. Com o empoderamento feminino sendo pauta de grandes discussões está mais do que na hora das super-heroínas terem destaque.

É importante dizer que tanto a Marvel como a DC já deram início a este movimento com o anúncio dos filmes solos de Mulher-Maravilha e Capitã Marvel, mesmo assim este é apenas o começo das inúmeras adaptações que podem ser realizadas no cinema. Por isso, separei 5 heroínas que merecem um filme só pra elas:

VIÚVA NEGRA


Provavelmente uma das personagens femininas mais conhecidas do Universo Marvel. Não é de hoje que fãs pedem um filme solo da agente da S.H.I.E.L.D., inclusive a atriz Scarlett Johansson, intérprete da personagem nos cinemas, mencionou que já conversou com Kevin Feige, presidente da Marvel Studios, sobre a possibilidade de um filme solo. Contudo, até o momento o projeto não saiu do papel.

A agente iniciou sua carreira como uma mortal  espiã russa. Mostrando notáveis habilidades técnicas, intelectuais e de combate, Natasha Romanov já provou que não precisa ter super-poderes para salvar o dia. Além disso, Viúva Negra possui um passado extremamente rico e obscuro, sendo interessante um filme focado - ou mais de um quem sabe - em seu treinamento na Sala Vermelha e seu trabalho como espiã, ou até sua eventual afiliação a S.H.I.E.L.D.

Sendo assim, a Marvel teria em mãos uma trama de espionagem que poderia interligar inúmeros personagens da MCU, sendo um filme diferente do seu padrão. Outro fator positivo, é que poderíamos vivenciar o período de transição da personagem de vilã à heroína.

RAVENA


Filha de uma humana com um demônio, a personagem se tornou conhecida do grande público por causa do desenho "Jovens Titãs". É um ledo engano, achar que Ravena é sua típica heroína. Diferente da maioria, a personagem é reservada e inexpressiva, sendo o principal fator deste comportamento o fato de que está necessita controlar suas emoções, caso contrário seu pai - o demônio Trigon - pode se apoderar de seu corpo e espalhar o caos. Ou seja, seu corpo funcionaria como um portal para o Apocalipse.

Por conta disso, Ravena é uma personagem que sempre está alternando entre momentos de vilã e heroína, o que é um traço bem interessante para uma protagonista de um filme de super-heróis.

Detentora de enormes poderes, Ravena é uma empata, ou seja, ela tem a capacidade de ler ou sentir emoções. O que lhe dá a habilidade de ampliar ou reduzir esses sentimentos nos seres humanos, como também, de vincular-se a mentes alheias e provocar danos mentais. Além destes, a personagem também possui poderes como: telecinese, levitação teletransporte, etc.

Após esse pequeno resumo é impossível não concordar que um filme solo de Ravena seria incrível, ainda mais se o longa abordasse toda sua fase de treinamento na dimensão alternativa de Azarath.

MULHER-HULK


Jennifer Walters ou Mulher-Hulk, adquiriu seus poderes por uma transfusão de sangue do seu primo, Bruce Banner, após ter sofrido um atentado. Para muitos, ela não passa de uma coadjuvante nas histórias em quadrinhos, porém essa visão  é totalmente equivocada.

Determinada, independente e engraçada, a personagem não possui tais traços por conta de sua super-força, mas em razão de sua capacidade intelectual. Dividindo o tempo entre salvar o mundo e os tribunais, Jennifer é uma brilhante advogada especializada em Lei Super- Humana, defendendo inúmeros heróis com problemas legais. Tendo tido contato, praticamente com todos os personagens do Universo Marvel.

Outro ponto interessante, é que após os trágicos eventos de "Guerra Civil 2", Jennifer Walters se tornou a protagonista da HQ 'Hulk', o que seria um ótimo arco para introduzi-lá no MCU. Sim, isto levaria algum tempo para ser adaptado mas com o mercado de filme de heróis crescendo a cada dia, podemos imaginar um grande número de filmes sendo produzidos pela Marvel.

Além disso, a personagem é um grande ícone. Possuindo um discurso recheado de empoderamento e questionamentos sociais, Jennifer ensina que você não precisa ter super-poderes para ser uma grande mulher.

ZATANNA


Uma das maiores oculistas do Universo DC, Zatanna Zatara é filha do famoso ilusionista John Zatara e de uma misteriosa homo magi chamada Sindella. Tendo herdado as habilidades ilusionistas do pai e os poderes sobrenaturais de sua mãe, a personagem é extremamente poderosa podendo conjurar feitiços, manipular elementos, voar, criar explosões de energia, etc.

Com todos esses poderes, a personagem é integrante da "Liga da Justiça Sombria", equipe responsável por combater forças ocultas. Com um filme da equipe nos planos da Warner, um filme solo da personagem seria uma ótima escolha para introduzir o público ao universo sobrenatural da DC.

MISS MARVEL (KAMALA KHAN)


Criada em 2013, Kamala Khan é a personagem mais nova desta lista, mas não menos importante. Considerada uma das melhores criações dos últimos anos, sua HQ ganhou inúmeros prêmios como o Eisner Award.

A Miss Marvel é uma jovem muçulmana que após ser envolvida pela Névoa Terrígena acaba se tornando uma Inumana e assumindo o manto de sua heroína favorita, Carol Danvers, quando está se torna Capitã. Contudo, o que mais chama atenção, é a semelhança da personagem com o público. Sim, Kamala é gente como a gente!

Nerd assumida e fã de quadrinhos, a personagem é fã do Universo Marvel. Inclusive, faz parte do fandom Spider-Marvel (Homem- Aranha/Capitã Marvel) e escreve fanfics sobre os Vingadores. 

Além de ser uma personagem interessante e complexa, está representa a diversidade. Mais do que a representação de uma cultura, Kamala  passa a ideia de que qualquer um - independente de sua etnia, religião, etc - pode ser um super-herói.

Com o filme da Capitã Marvel já confirmado pelo estúdio, sua introdução no MCU seria uma ótima escolha.



Foi extremamente difícil escolher apenas cinco super-heroínas para fazer parte desta lista, mas isso só mostra a quantidade de personagens femininas que existem no universo dos quadrinhos que merecem um espaço nos cinemas.  

Gostou da lista? Acha que faltou alguma personagem ? Deixe nos comentários sua opinião!

LEIA TAMBÉM