Swift

TOP 10: filmes sobre bullying e saúde mental


Muito vem se especulando sobre a nova série da Netflix "Os 13 Porquês", que inclusive já fizemos a crítica aqui no blog.

O bullying é a trama principal da série e nos faz refletir sobre como o comportamento humano pode ser cruel. Todos os dias, alunos no mundo todo sofrem com um tipo de violência e muitas delas vêm mascaradas em forma de “brincadeira”. Estudos recentes mostram que esse comportamento, que até bem pouco tempo era considerado inofensivo, pode acarretar sérias consequências ao desenvolvimento psíquico gerando em uma menor escala a queda de autoestima ou em casos mais extremos, o suicídio e outras tragédias.

Apesar de termos nos “conscientizado” dos danos que esse tipo de atitude influencia na vida do outro, o tema ainda precisa ganhar mais espaço para ser discutido e retratado na mídia. 


Com esse intuito, separamos 10 produções para você assistir e repensar sua maneira de enxergar essa violência.

1# Carrie A Estranha 

Vamos começar com um dos filmes mais antigos que tratam sobre o assunto, mostrando o bullying em sua forma mais agressiva. Por se tratar de um filme de terror, Carrie, A Estranha, tem um final um pouco surreal, mas deixa nítido o quão prejudicial às brincadeiras foram para Carrie (Sissy Spacek), uma jovem tímida que não faz amigos por conta da mãe desequilibrada, fanática religiosa. Ao aceitar ir ao baile do colégio, ela cai numa armadilha preparada para ridicularizá-la em público. O que ninguém imagina é que a jovem possui poderes telecinéticos e pretende usá-los para se vingar.

Este clássico dirigido por Brian De Palma fala de preconceito e bullying numa época em que a vida colegial só inspirava comédias ou romances. O título original do filme é 'Carrie', porem é engraçado perceber que o título nacional acrescentou o adjetivo “estranha” que é, por si só, uma expressão de segregação. 


2# A Girl Like Her  

Esse é um dos melhores filmes sobre o assunto que eu já assisti e me fez refletir muito e mudar meu modo de ver o bullying. No filme é possível ver os diversos lados das conseqüências causadas pelas atitudes tanto de quem pratica quanto de quem sofre.

O filme conta a história de Jessica Burns (Lexi Ainsworth) de 16 anos, que possui um segredo, mas tem medo de compartilhar com qualquer pessoa – exceto seu melhor amigo, Brian Slater (Jimmy Bennett). No ano passado ela foi vítima de assédio de outra menina – seu ex-amiga, Avery Keller (Hunter King), uma das alunas mais populares e belas do segundo grau da escola South Brookdale.

O que você pode fazer quando o mundo vê a imagem de uma pessoa, mas não a realidade? Com a ajuda de Brian e uma câmera digital escondida, a evidência de assédio implacável de Avery é capturada e, finalmente, exposta, ao trazer as duas meninas e suas famílias frente a frente com a verdade. O filme é um documentário-drama sobre bullying, vingança e superação.


3# The D.U.F.F

The Duff é uma comédia dramática excelente que retrata de forma mais leve, mas não menos importante o preconceito contra as diferenças e padrões de beleza.

A jovem Bianca descobre que foi escolhida pelas amigas de colégio como uma D.U.F.F., uma amiga feia para que elas se pareçam ainda mais bonitas quando comparadas. Revoltada e cansada ela resolve mudar e pede ajuda a um atleta popular da escola para melhorar seu visual.


4# Cyberbully 

Também uma história que acontece na época de escola e dessa vez envolvendo o mundo virtual que hoje é uma das ferramentas mais usadas para esse tipo de agressão.

Taylor Hillridge (Emily Osment), é uma adolescente que se torna vítima de bullying online. Quando sua mãe (Kelly Rowan) lhe dá um computador de aniversário, Taylor se anima pela perspectiva de liberdade e independência de se conectar sem a mãe sempre olhando. Mas Taylor logo se descobre vítima de bullying enquanto visita uma rede social, e, com medo de encarar seus colegas na escola, inclusive sua melhor amiga Samantha (Kay Panabaker), ela é forçada ao limite.

Cyberbully é um filme que te faz sentir as emoções junto com a personagem e vale muito a pena ser visto. 


5# As Vantagens de Ser Invisível

As Vantagens de Ser Invisível foi uma adaptação do livro de mesmo nome e trouxe como diretor o próprio autor do livro, Stephen Chboski. Ele conseguiu mostrar exatamente o que queria transpassando para o personagem de Charlie um pouco do que passou na adolescência. Como ele conseguiu atravessar barreiras e ter sucesso na vida mesmo sendo um garoto deslocado que sofreu bullying.

Esse é um dos preferidos, pois ele não tenta impor uma verdade, deixando que você tome opiniões próprias sobre o filme. Aborda o tema do bullying e da depressão e como isso pode ser superado na vida de um adolescente. Expõe as diferenças entre jovens e como a amizade e o amor podem ser construídas através delas.


6# Garotas Malvadas

Um clássico e apesar de se tratar de uma comédia o filme que também se passa nos tempos de colégio e retrata a história de uma menina rejeitada.

Até entrar em uma escola de verdade, Cady achava que lidar com outros jovens seria fácil como com os animais. Pensamento errado. Para conseguir uma turma no colégio, ela precisa se livrar de todas as armadilhas que patricinha Regina colocar em seu caminho. Um verdadeiro teste de sobrevivência. 

O mais interessante em Meninas Malvadas é ver a inversão de papel que Cady sofre durante a trama. Para ser aceita, ela acaba se tornando o que tanto odiava: uma mean girl. Com o decorrer da história acompanhamos a transformação da personagem e sua eventual queda. O filme traz uma mensagem muito positiva de aceitação e de que devemos ser quem verdadeiramente somos, não precisando se adaptar a nada ou ninguém.


7# Confi@r 

Uma forma de alerta para a importância do diálogo em família e o problemão que acontece quando os pais se distanciam da vida e dos problemas de seus filhos. Nesse filme, Annie, em plena puberdade, pensa que ninguém a entende, é arredia com a família enquanto se aproxima de um desconhecido em um chat na internet. O que poderia parecer um refúgio se torna um problema.


8# Bullying – Provocações Sem Limites

Um longa angustiante que mostra de maneira severa e chocante a realidade dos que sofrem bullying e a importância de se denunciar essa prática. Esse filme espanhol conta a história de Jordi, um jovem educado, bom aluno e talentoso jogador de basquete que, ao se mudar para uma nova escola em Barcelona, desperta raiva e inveja de um bullie e seu grupo. Humilhações e espancamentos tornam-se parte de sua vida. Jordi guarda silêncio enquanto a violência se intensifica, envolvendo-se cada vez mais no perigoso e sádico jogo psicológico do seu agressor.


9# Elefante

Mais um da série bullying escolar. Elefante foi inspirado no triste ocorrido em abril de 1999, quando dois adolescentes mataram 14 estudantes e um professor na Columbine High School.

O filme conta a história de dois rapazes que não tinham nada de assassinos nazistas, mas que somente não foram levados a sério pelo diretor quando precisavam de ajuda. O filme é, na maioria do tempo, um passeio pela escola. A câmera segue os protagonistas em cada cena, e em alguns casos vemos o mesmo acontecimento repetido até três vezes, sempre sob um ponto de vista diferente.

O filme mostra que, seja lá ou aqui, há algo de podre e cruel em uma sociedade onde os jovens são capazes de barbaridades como metralhar colegas, colocar fogo em mendigos ou afogar calouros de faculdade.


10# Audrie e Daisy 

Trata-se de um documentário da Netflix com os desdobramentos de histórias reais de jovens humilhadas nas redes sociais. A gente sabe que hoje em dia tudo vai parar na internet, inclusive casos extremamente sérios de violência sexual e bullying. Audrie e Daisy são duas meninas que sofreram com a perseguição online. A única diferença entre elas é que em um dos casos a história terminou muito mal e, no outro, a vítima recebeu um apoio para se reerguer. Esse é um documentário forte que mostra o quanto o bullying se torna desesperador para quem sofre.


Esse foi o TOP 10 da semana tripulação. Espero que tenham gostado e caso saibam de outras produções que abordam o tema não deixem de nos avisar nos comentários. Até a próxima 😉

LEIA TAMBÉM