Swift

Suits. Um aprendizado para a vida



Vamos falar um pouco de uma das melhores séries dos últimos anos? Suits é aquele tipo de seriado que mantém o nível alto em praticamente todos os episódios, sendo pelo excelente roteiro ou pelas atuações impecáveis dos personagens.

Criada por Aaron Korsh, e tem como produtores Doug Liman (Diretor de A Identidade Bourne) e Dave Bartis (Produtor Executivo de Sr. E Sra. Smith), a série conta a história de Mike Ross (Patrick J. Adams), um ex-estudante de Direito, possuidor de uma memória fotográfica, que consegue uma vaga como advogado associado de Harvey Specter (Gabriel Macht), um renomado advogado, galanteador e que não perde uma causa sequer, usando artimanhas para conseguir se for necessário.

Lendo está breve sinopse imaginaria que seria mais uma série de advogado, mostrando julgamentos e mais julgamentos, mas é aí que você está errado, pois praticamente não temos situações de tribunal.



Vemos mais situações em que Harvey e Mike trabalham para conseguir empresas como clientes, ou para solucionar problemas, mas na maioria das vezes procurando um trunfo para usar, caso necessário.

A série é repleta de personagens bem construídos e carismáticos. Além do Harvey e do Mike, temos a sócia majoritária do escritório, Jessica Pearson (Gina Torres), uma advogada feroz que comanda sua firma de maneira firme, mas justa.

Temos também o Louis Litt (Rick Hoffman), advogado e rival de Harvey, que comanda a seleção de associados de primeiro ano da firma. Cara superinteligente, mas sempre consegue dar uma mancada. Se sente na obrigação de ser sempre melhor que Harvey e isso sempre dá errado para alguém.

Rachel Zane, filha de um advogado muito influente em Nova Iorque, é paralegal, uma espécie de assessora, enquanto estuda Direito na Universidade de Columbia. Uma observação legal, a atriz é namorada do Príncipe Harry da Grã-Bretanha. Rs.

Por último e não menos importante temos a secretária de Harvey, Donna Paulsen (Sarah Rafferty), uma mulher de caráter e uma inteligência invejável. Ela é a sombra que faz Harvey se mover, sem ela as coisas não andariam do jeito que ele gosta. Ajuda no que ele precisar, no escritório ou na vida pessoal.


Uma das coisas mais legais de série são as citações do Harvey Specter. Sempre tem uma frase marcante, como "É mais fácil pedir perdão, do que pedir permissão". Outra é "sua aparência é tão importante quanto seu talento". É uma arrogância que contagia. Rs. Uma citação me lembra muito o que um tio meu me diz sempre "nunca julgue um homem até estar no lugar dele".

A série que já vai para 7ª temporada consegue ser constante em relação ao nível que nos entrega, muito pela história que se desenvolve homogeneamente durante as temporadas, só que não podemos deixar de lado a construção de personagens, que não se fixa só nos principais, mas também nos secundários. Dando um “background” vasto e complexo.

Ao longo dessas 6 temporadas, temos problemas de todos os tipos na firma Pearson Hardman, principalmente por conta da contratação de Mike como advogado associado, pois ele não é inscrito na Ordem de Advogados. O que vai nortear os rumos que a história vai seguir.

Também temos pitadas de humor, muito com Louis Litt e suas trapalhadas e com Donna e suas tiradas perspicazes. Deixando a série com uma variedade de vertentes, e sempre conseguindo abordar bem cada uma delas.

Sempre que adicionam algum personagem, mesmo que recorrente, os produtores acertam. Sendo para antagonizar algum personagem principal, sendo para complementar, nunca estão lá por estar, possuem sempre um objetivo para história da série e/ou para ajudar na construção de um dos protagonistas.



Quem nunca quis ser alguém bem-sucedido e presença como o Harvey? Quem nunca quis ter uma memória fora do comum feito a do Mike? Quem nunca quis ter resposta e saída para tudo feito a Donna? Quem nunca quis ter uma presença intimidadora e inteligente como a Jessica? E até mesmo ser como o Louis, que é muito inteligente no que faz e realiza suas tarefas de maneira eficaz?

Não perca mais tempo e vá assistir Suits. Ela é transmitida pelo canal USA lá nos EUA, e aqui no Brasil no canal pago TNT e também pelo canal de streaming Netflix.

LEIA TAMBÉM