Swift

Resenha: A Corte das Corujas e A Noite das Corujas (contém spoiler)


HQs são o que muitas crianças cresceram lendo e aprenderam a serem NERD. Eu não tive oportunidade, mais por falta de conhecimento da existência do que por outra coisa. Agora depois de velho estou tentando ficar em dia com este universo,

Hoje vou falar das HQs do Batman, A Corte das Corujas e A Noite das Corujas, mas antes vou falar um pouco da minha saga para adquirir a primeira.

Ano passado eu estava procurando por HQs no site da Amazon Brasil, e me deparei com A Noite das Corujas, e após juntar mais um livro e outras HQs, comprei. O problema começou aí, porque não me liguei que era a parte 2 da saga.

Voltei na Amazon Brasil e não tinha mais A Corte das Corujas para vender, passei meses olhando e ao mesmo tempo procurando em outros sites, como no próprio site da Panini. Tudo em vão.

Já estava desiludido em conseguir adquirir a HQ que me faltava, mas foi nesse momento que a Amazon Brasil “me mostrou” a HQ Batman: The Court of Owls que vem com uma máscara junto. Ela é a versão em inglês da que me faltava.


Fiquei meio em dúvida, por ser mais cara (importada + máscara), mas teve um dia que estava em promoção, com um preço bem acessível. Não vacilei e adquiri.

Entra agora a parte da HQ ser em inglês, uma língua na qual não sou muito acostumado a ler coisas, no máximo uma matéria. Mas sempre quis ler alguma HQ ou livro em inglês, daí juntei as duas coisas e li.

No geral o resultado foi bastante positivo, entendi a história sem problemas, claro que não entendi algumas palavras, mas curti muito e quero ler mais em inglês. Viu Diego? Quero Harry Potter.

O que me deu uma “dor no coração” foi porque a versão de A Corte das Corujas é brochura, enquanto que a outra é capa dura. Queria ambas com hardback para melhor mantê-las.

PS: A máscara que vem é muito legal. Quero a do Deathstroke agora.

A CORTE DAS CORUJAS


Bom, vamos começar a falar um pouco das HQs, começando com A Corte das Corujas (The Court of Owls).

Eu acompanho a série Gotham do Canal Fox, e na última temporada adicionaram A Corte das Corujas na série, mas fazendo um simples paralelo as histórias seguem caminhos muito diferentes, praticamente nada igual.

A história segue o Batman tentando desvendar um assassinato de um homem sem identidade, e tudo e todas as provas levam para uma organização que até então era tida como lenda, a Corte das Corujas.


A organização está mirando a morte de Bruce Wayne, sendo que não tem nem ideia de que ele é o Batman. O vigilante da noite vai seguindo as pistas e quanto mais se aprofunda na investigação, mais a Corte volta os olhos também para ele. Chegando no momento de mandar a Garra matá-lo.

Gostei desse primeiro volume da saga, apesar de não ter curtido muito os desenhos de Greg Capullo.

A história criada por Scott Snyder leva o Batman até um estado de loucura e paranoia extrema. A Corte é um antagonista muito forte e astuto, o que faz querer saber o que acontecerá no próximo volume.

A NOITE DAS CORUJAS


A sequência da história mostra o embate dos Garras com o Batman e este indo atrás de Corte em seu próprio “ninho”.

Até a metade da HQ é desenvolvido a trama, com Bruce Wayne sendo atacado na mansão e precisando se utilizar de todo “poder” necessário. O que não vemos direto, pois ele não mata nenhum vilão, mas nesse caso pelo fato d’as Garras terem uma incrível regeneração e serem praticamente imortais, ele parte para cima com gosto.

Nessa parte do ataque à mansão Wayne, o Batman utiliza uma armadura bem invocada. Gostei muito do design dela. Outro traje bem interessante é o que o “Coruja” usa, rivaliza bem com o Cavaleiro das Trevas.

É uma história bem introspectiva do Batman, alternando momentos de ação, de investigação, de diálogos interessantes, mas acho que tinha espaço para usarem mais do espaço, já que metade da HQ é com histórias paralelas.

CONCLUSÃO


O Snyder, a meu ver, leva o Batman a outro nível. Utilizando de todos os aspectos que o homem morcego pode ter.

Se não conhece, vale muito a pena dar uma conferida nessas HQs. Há também uma animação de 2015 que adapta esse arco da Corte das Corujas, chamada Batman vs Robin. Não assisti ainda, mas já coloquei aqui na lista para ver.

LEIA TAMBÉM