Swift

TOP 10: Motivos para assistir Jane the Virgin


Quem é viciado em série de verdade, nunca deixa de começar uma nova por já ter muitas outras acumuladas, não é mesmo? Foi assim que comecei a assistir Jane the Virgin, mesmo com outras várias séries atrasadas. Jane estava me chamando toda vez que acessava a Netflix e, mesmo sem nem saber do que se tratava, dei uma chance e não me arrependi. Cumprindo o meu dever, estou aqui novamente para tentar te convencer a também dar uma chance para Jane the Virgin.

Sinopse: Quando Jane (Gina Rodriguez) era mais nova, a avó dela a convenceu de duas coisas: telenovelas são a melhor forma de entretenimento, e mulheres devem proteger a virgindade a qualquer custo. Agora, aos 23 anos, a vida de Jane tornou-se tão dramática e complicada quanto as telenovelas que ela sempre amou, após uma série de surpreendentes eventos que fizeram com que ela fizesse, acidentalmente, uma inseminação artificial.

Bom, se a sinopse não despertou sua curiosidade, te darei 10 motivos para você correr para a Netflix assim que terminar de ler este TOP 10. Ah, por enquanto só há uma temporada disponível no serviço, portanto #oremos para a Netflix colaborar com os viciados em séries anônimos!

1 - Melhor narrador do mundo!

A narração é tão boa, que as únicas indicações que a série levou no Emmy foram na categoria de melhor narrador. Anthony Mendez faz este serviço com maestria! Apesar de nunca mostrar seu rosto, o misterioso latin lover encanta desde o início, e com certeza é um dos melhores personagens — senão o melhor. Ele nos guia durante os episódios de uma forma hilária e única! Além disso, alguns escritos aparecem às vezes enquanto ele fala, como se estivesse escrevendo o roteiro ali com a gente. Se ele não é o melhor narrador deste mundo das séries, eu não sei mais quem é.

AQUI.gif

2 - Inspiração Latina

Jane the Virgin é inspirada em uma novela venezuelana que se “Joana la Virgen”. Então como é de se imaginar, a série está lotada de referências latinas. Quem cresceu assistindo aqueles dramalhões mexicanos, vai adorar relembrar um pouco, porém agora com um tom maior de sátira. Você vai encontrar cenas meio bregas e exageradas, mas de um jeito que te arrancará boas risadas.

giphy (4).gif

3 - É tão fofinho!

Sabe aquelas séries leves, que te relaxa? Jane the Virgin é uma dessas! A gente até gosta de ficar tenso com o suspense, morrer de chorar com o drama ou até torcer com a ação, mas de vez em quando só precisamos assistir algo que vá nos relaxar, e Jane cumpre muito bem esse papel. Por mais que contenha elementos de suspense, drama e ação, sua característica mais forte é a comédia romântica, daquele estilo levinho e fofinho que sempre nos encanta.

tão fofinho.gif

4 - Trilha Sonora

Pensa numa série que conta com uma trilha sonora feita pelo vencedor do Oscar por "O segredo de Brokeback Mountain", Gustavo Santaolalla. Recheado de influência latina, a trilha guia nossas emoções de um jeito gostoso, dando mais leveza à série. Além disso, nomes respeitados da música latina fizeram participações, como Paulina Rubio, David Bisbal e Juanes.

jane-the-virgin_612x381.jpg

5 - Ótimos personagens

Gostar dos personagens quase sempre está ligado a você gostar ou não da série. Dificilmente alguém vai assistir algo em que tenha odiado todos os personagens ou o elenco. Com Jane the Virgin, temos uma diversidade de personagens para agradar a todos! Alguns são bem bizarros, afinal estamos falando de uma série inspirada em uma novela latina, mas, em um conjunto, dá tudo muito certo. Os dois mocinhos do triângulo, que não deixa só a protagonista em dúvida, como a nós também, a vilã que nos faz odiar, mas em outros momentos sentir pena, alguns personagens bem exagerados que nos fazem rir... enfim, é impossível você não gostar pelo menos de um.

jaime-e-elenco-de-Jane-the-virgin.jpg

6 - Rogelio de La Vega 

Tá, eu já falei sobre os personagens, mas Rogelio é tão maravilhoso que merece um tópico só dele! E o ator nós já conhecemos, James Camil interpretou o Fernando na novela “A Feia mais Bela”. O cara fala português e até já namorou Adriane Galisteu
Se considerarmos a série uma sátira, Rogelio é o personagem que mais brinca com a inspiração latina. Seu jeito exagerado e bizarro com certeza te fará rir! O drama então… digno de novela mexicana! Ah, e de fato ele faz uma novela na série. Rogelio é um ator de novelas bem famoso, com um ego tão grande que não cabe dentro de si, mas com um coração tão bom e tão inocente que com certeza irá te conquistar!

giphy (3).gif 

7- Participações especiais

Como eu disse lá em cima, Jane the Virgin está recheada de participações especiais de grandes nomes da música latina, mas não para por aí. Grandes nomes da música americana também aparecem por lá. Participações como a de Bruno Mars, Kesha e Britney Spears nos tiram o fôlego. Convenhamos que isso também traz uma certa credibilidade para a série.

BRITNEY GIF.gif

8 - GIRL POWER

Tanto a protagonista, quanto sua mãe e sua avó, são personagens fortes. Personagens que fogem do clichê. E por trás da câmera também há mulheres trabalhando como showrunners, roteiristas, diretoras… o tempo está mudando e a mulherada vem tomando conta de tudo! Talvez, por isso que as personagens conseguiram sair daquele clichê de fragilidade e dão show de atitude. Elas nem sempre concordam uma com a outra, mas sempre estão lá para se apoiar. 

jane-the-virgin-the-villanueva-women.jpg

9 - A Protagonista é real

Aqui não temos uma protagonista santinha, ela é virgem sim por uma convicção, mas não deixa de mostrar como é difícil às vezes ela manter essa decisão. Fora que, diferente de quase todas as produções americanas, a protagonista não tem um corpo de modelo Victoria Secrets, ela tem um corpo real que se aproxima muito mais da realidade das  telespectadoras

9c13867a04e33a5143397b92ac875aff74b30d70.jpg

10 - Assuntos importantes

Quem acha que a série se trata só de comédia está muito enganado! De relacionamento homoafetivo à religiosidade, Jane the Virgin tem de tudo um pouco. Geralmente não esperamos muita seriedade de séries de comédia, mas essa consegue ir do riso ao drama. Não pense que serão só piadinhas, por mais que a série tenha muita leveza em seus assuntos, ela não deixa de trazer debates importantes para nossa sociedade.



E aí consegui te convencer? Assiste e volta aqui pra comentar o que achou. 

E Netflix, colabora com nosso coração e libera logo essa segunda temporada!

LEIA TAMBÉM