Swift

Crítica: Kingsman: O Círculo Dourado (sem spoiler)


Baseado nas HQs criadas por Dave Gibbons e Mark Millar, Kingsman: Serviço Secreto chegou aos cinemas em 2015 e causou um alvoroço. Muitos espectadores nem sabiam do que o filme se tratava, mas correram para as salas de cinema, movidos pela curiosidade, e foram surpreendidos com um ótimo filme! A expectativa para o segundo ficou lá nas alturas e por isso, o trabalho de Vaughn dessa vez seria um pouco mais complicado. Kingsman: O Círculo Dourado estreia dia 28 de Setembro, mas antes, leia o que você pode esperar do novo longa da franquia. 

Resultado de imagem para kingsman circulo dourado gif

O filme já começa eletrizante. Com a volta de um antagonista, temos uma cena de ação envolvendo uma perseguição de carro acompanhada de um ótimo fundo musical. E falando nisso, a trilha sonora do filme está maravilhosa!

Na continuação da franquia, a agência Kingsman sofre um brusco ataque de mísseis, restando apenas Eggsy (Taron Egerton) e Merlin (Mark Strong). Com isso, eles partem para os Estados Unidos em busca de ajuda e encontram a Statesman, uma agência de espiões que contam com os agentes Champagne (Jeff Bridges), Ginger (Halle Berry), Whiskey (Pedro Pascal) e Tequila (Channing Tatum). Com a ajuda de seus amigos americanos, eles precisam combater a responsável pela destruição da Kingsman, a maior traficante de drogas do mundo: Poppy (Julianne Moore). 

O roteiro é bem simples, não surpreendendo em nada e inclusive repete muitos elementos do primeiro filme. Elementos que até nos encantaram na primeira vez, mas agora era esperado uma inovação e ela simplesmente não acontece. As cenas de ação são arrebatadoras, porém houve um certo exagero na edição. Neste longa, haverá um foco maior no relacionamento de Eggsy e a dificuldade de relacionar isto com seu ofício.

Já o elenco está maravilhoso! Julianne Moore foi espetacular em seu papel de maior traficante louca e meiga que você respeita! Poppy cria todo um plano para sair do anonimato, já que esta vive no meio da selva, em um “mundo retrô” mas com tecnologias futuristas como seus dogs robôs matadores. Por mais que a personagem possa ser um clichê, Julianne compensa com sua ótima atuação e charme. 


Colin Firth mostrou agora um lado mais profundo e frágil de Harry Hart, já que este está de volta à vida e com amnésia - o que não é spoiler já que os cartazes e trailers mostravam o retorno. Com isso, sua habilidade e sanidade passa a ser questionada, o que pode comprometer o relacionamento com seu pupilo. 


Outro destaque foi Pedro Pascal que estava ótimo na pele do agente Whiskey, com suas coreografias com a corda em slow motion. Não há muito de Channing Tatum nesse filme, porém o gancho sugere que veremos mais no próximo. 

Resultado de imagem para kingsman circulo dourado gif

Mas, uma boa surpresa - apesar de muita gente ter reclamado e julgado exagerado - foi o personagem de Elton John!  Ele arrancou boas risadas de muitos na sala de cinema com suas cenas de referências a si mesmo sendo mais do que apenas uma participação especial. 


Kingsman: O Círculo Dourado é um bom filme de ação, com cenas eletrizantes, divertidas e ótimos personagens. Vaughn mais uma vez ousa com assuntos polêmicos como uso e legalização de drogas e satiriza claramente o novo governo dos EUA, porém, trazendo elementos que deram certo no primeiro filme e os reutilizando como fórmula de sucesso, não conseguiu surpreender e com isso tivemos mais do mesmo. 


LEIA TAMBÉM