Swift

Primeiras impressões: South Park: A Fenda que Abunda Força


Essa é a última vez que eu pago 20 conto em uma stripper

É assim praticamente que somos introduzidos a primeira batalha de sua missão. Junto do Capitão Diabetes, precisamos entrar uma boate e encontrar uma mulher, mas acabamos dentro de uma sala VIP fazendo dança íntima para dois marmanjos. É algo já esperado em South Park não é mesmo ? Na última aventura tínhamos o Senhor dos Anéis\Game of Thrones das lutas e agora temos a Guerra Civil no Colorado.

As lutas são táticas onde temos o controle de um RPG, que funcionam por rodadas no qual podemos usar qualquer tipo de ataque, saber quem vai atacar na próxima rodada e quando cada poder pode tirar de seu inimigo, onde temos agora que ser estrategistas.


Mesmo que acabemos vendo muito pouco na Demo, que nos faz lembrar muito de The Stick of Truth, podemos sentir o leve gosto das diferenças que teremos nessa nova aventura. De fotos no Coonstagram à danças onde seguimos o ritmo da música e um combo de peidos no colo de outro personagem. E voltamos com o humor pesado e sarcasmos sempre sendo protagonizados por Eric Cartman.

E a grande novidade seria a dublagem que foi adaptada para vários países, até mesmo em português, onde foram usados os dubladores do Comedy Central - canal onde o desenho é transmitido.

Mesmo com apenas alguns minutos de game, conseguimos rir e sentir o gostinho de quero mais, e entendemos o motivo de ter sido titulado como; South Park: A Fenda Que Abunda Força, e que a frase citada no começo não faz jus ao game.

LEIA TAMBÉM