Swift

Yu Yu Hakusho

O corre corre da cidade grande / Tanta gente passa, estou só! / O vento sopra pelo campo e traz / Uma lembrança sua, estou só
Já nem sei dizer / Qual destes lugares me dói mais / Mas sei me decidir porque cresci / Sou forte, estou pronto a lutar!
Eu fico louco / E a energia e o poder vão crescer! / E bate, de repente, um desejo ardente / Em romper limites e sonhar! / Eu fico louco / mas um sorriso me faz entender, saber porque / Alguém esquece a dor e encontra, no amor / A força pra poder dizer / Arigato gozaimasu!

Ah que música! Quando começava a tocar eu já sabia que teríamos um anime de qualidade.


Yu Yu Hakusho é uma série de mangá shonen, escrita e ilustrada por Yoshihiro Togashi, publicada entre dezembro de 1990 e julho de 1994. Já o anime foi transmitido entre outubro de 1992 e dezembro de 1994, contando com um total de 112 episódios!

Aqui no Brasil, a animação estreou em 17 de março de 1997, pela saudosa Rede Manchete, e permaneceu na programação do canal até sua extinção. Quase cinco anos após sua estreia no Japão, o Brasil foi o primeiro país no Ocidente a exibir o anime de Yu Yu Hakusho. Em 2004, tivemos mais uma vez os personagens na TV, quando passou a ser transmitido pelo Cartoon Network, através do extinto bloco Toonami.

A história segue a trajetória de morte e vida de Yusuke Urameshi, um garoto delinquente, que morre ao ser atropelado por um carro quando tentava salvar um garoto da morte. Seu fantasma é recebido por Botan, que se apresenta como a navegante do rio Sanzu, que transporta as almas para o submundo ou Mundo Espiritual, onde elas podem ser julgadas pela vida após a morte.

Yusuke é informado que seu ato pegou até mesmo o submundo de surpresa, já que a ‘hora’ dele ainda não havia chegado e que ainda não havia um lugar feito para ele seja no céu ou inferno. Assim é oferecido à Yusuke uma chance de retornar à vida mediante uma série de testes e é rapidamente aceita por ele.

Depois de voltar à vida, Koenma, filho do governante do submundo Enma, concede à Yusuke o título de "Detetive Sobrenatural", encarregando-o de investigar atividades sobrenaturais dentro do mundo humano. Em seu primeiro caso, Yusuke deve recuperar três tesouros que foram roubados do submundo por três demônios: Hiei, Kurama e Gouki.

Yusuke recolhe os três tesouros com a ajuda de sua nova técnica, o "Reigun", um tiro de aura ou Reiki (Energia espiritual), disparado mentalmente através de seu dedo indicador.

Leigan
Em seguida, ele viaja para as montanhas em busca da velha mestra de artes marciais Genkai, a qual organiza um torneio para encontrar seu sucessor, e juntamente com o seu rival Kuwabara, Yusuke participada da competição como uma cobertura para procurar Lando, um demônio que rouba as técnicas dos mestres de artes marciais e mata-os.

Ao longo do anime, Yusuke vai ganhando mais controle sobre sua aura e adquirindo poderes mais fortes, na medida em que vai encontrando rivais e inimigos mais formidáveis.

Além da música de abertura que é excelente, as lutas do anime são cada uma mais memoráveis que a outra, sem contar com a criatividade em que o criador do mangá teve para montá-las, e que tiveram um desvelo ao transpor para o anime.


Como todo anime shonen, há uma equipe formada por Yusuke e seus amigos Kuwabara, Kurama e Hiei. Cada um tem seu background bem desenvolvido e as interações entre eles são sempre divertidas.

Não dá para esquecer dos já citados Botan, Koenma e a própria Keiko (interesse amoroso), que sempre estão participando, quase sempre repreendendo o Yusuke, rs.

Yu Yu Hakusho é um daqueles animes que você tem que assistir antes de morrer, considerado um dos melhores já produzidos. Eu concordo muito com isso e sempre que posso, assisto novamente.


Já assistiu? Ainda não? Então corra para encontrar alguma maneira de ver. Infelizmente não tem nem na Netflix, nem no Crunchyroll.


LEIA TAMBÉM