Swift

Resenha: Viajantes - O Despertar (Senhores do Tempo #1)


Nos últimos meses têm rolado uma grande mobilização de apoio a escritores nacionais, e nos identificamos muito com a proposta. Há muito tempo temos trazido por aqui, obras com excelência em qualidade, escritas por gente da gente! E hoje eu venho falar sobre mais um livro que entrou para essa lista de títulos de autores nacionais, que eu acho que todo mundo deveria ler.

Acredito que não há dúvidas sobre meu amor pela ficção e fantasia, e “Viajantes - O Despertar” junta tudo isso em uma deliciosa aventura, pelas mãos de Paulo H. B. Lemos. Aperte os cintos e me acompanhe nessa viagem pelos tempos!

Viajantes - O Despertar” é o primeiro dos quatro pretendidos livros de “Os Senhores do Tempo”, e aqui temos a história de Holland, que poderia ser uma garota como outras tantas, mas que, na verdade, ela descobre que possui os dons de uma deusa do tempo. É certo que — e nós bem sabemos — os deuses estão sempre precisando de ajuda e de proteção, concorda?! Pois é aí que entram mais três personagens na história, e que irão intercalar a narração com os capítulos de Holland. Ah, e pode ficar tranquilo com isso, porque a cada título dos capítulos, o nome do personagem narrador é informado, então não há risco de se perder na leitura.

"Voltar ao presente foi gratificante. Adorei viajar no tempo, mas foi assustador. Esperava poder ter alguma experiência mais tranquila em um futuro próximo. Futuro! Essa palavra, assim como passado e presente, não significa mais a mesma coisa para mim."

Eu sempre tenho receio quando alguém resolve falar sobre viagens no tempo. Primeiro porque alguns autores perdem páginas e páginas tentando explicar como a coisa funciona, por outro lado, mexer com o tempo sempre é algo muito delicado, que requer atenção e coesão. Bom, ainda bem que o Paulo foi muito feliz ao trabalhar todos esses pontos! Nada de pontas soltas, divergências de cronologia, nem tampouco complicações sobre como tudo funciona. Pode ler sem esse medo!

Embora com todo esse clima sci-fi que a ideia das viagens no tempo pode causar, o livro também é muito recheado de fantasia no contexto da narrativa — a junção de duas coisas que eu amo demais na leitura. Outros pontos que me chamaram bastante atenção e me deixaram um pouco intrigado, foram a alta qualidade da mitologia abordada e também a coerência cultural, mas tudo isso se explica com a paixão do autor por história e mitologia, que eu só vim descobrir um pouco mais à frente.

O ritmo de aventura dos capítulos deixa a leitura bem leve e com uma ótima velocidade. Sempre permeadas com humor em meio aos dilemas, as páginas vão correr com facilidade enquanto acompanhamos as histórias de Holland, Junko, Kaya e Seiji. Tudo isso mergulhado em magia, mistérios, ação e batalhas. Se você gosta dos livros do tio Rick Riordan, com certeza vai se identificar com Senhores do Tempo também!

O final não é daqueles ataques cardíacos, mas deixa um gancho muito grande para a continuação da quadrilogia. E eu também tenho notícias boas sobre isso! Fui perturbar um pouquinho o Paulo e consegui saber que a produção do segundo livro estará pronta até o término desse semestre e daqui uns tempos poderemos tê-lo em mãos! Mas enquanto isso, vamos ler e divulgar esse primeiro volume que merece bastante carinho e atenção por parte de quem ama fantasia, ficção e — principalmente — uma boa leitura.

Ah, mas é claro que a gente ajuda a conseguir o livro também! Vou deixar aqui os links por onde o livro pode ser comprado e também a página do Facebook, caso queira entrar em contato com o autor.
Já os cariocas que quiserem tentar ganhar um exemplar autografado, sortearemos um no nosso clube do livro de março e também em outro evento que está vindo por aí. Continuem acompanhando nossa transmissão. Câmbio, desligo.



Título: Viajantes - O Despertar (Os Senhores do Tempo #1)
AutorPaulo H. B. Lemos
EditoraNovo Século - Talentos da Literatura Brasileira (2018)

LEIA TAMBÉM