Swift

TOP 5: animes que estou assistindo no momento


Após anos assistindo basicamente filmes e séries, em 2018 resolvi aumentar o leque de animes que acompanho e, com isso, decidi indicar alguns que me chamaram a atenção. Uma mistura entre novas produções e continuações de clássico. Porém todos que datam de, no máximo, seis anos de vida.

1 – Pokémon Sun and Moon


Pokémon todo mundo conhece, e até hoje em dia Ash tenta ser o maior treinador do mundo.

Em Sun and Moon (vigésima temporada), ele viaja até a região de Aloha, para ir à escola e aprender um novo poder, chamado de Z-move.

Essa fase do anime estreou em 17 de novembro de 2016 no Japão e já possui, até o momento, sessenta e um episódios exibidos. No Brasil só é possível assisti-lo pelo canal pago da Cartoon Network.

Como sempre, ele está na companhia de Pikachu e, com o jeito peculiar deles, vão fazendo amizades e vão capturando vários Pokémons, e é claro que sempre encontram a equipe Rocket pelo caminho.

O anime continua a mesma coisa, tanto nas coisas boas, quanto nas ruins. Parece que o Ash não aprende nada com as experiências que teve e continua sendo uma historinha simples. Sendo que são os pequenos momentos que valem a pena, como no episódio em que a escola tem uma viagem e vão para Pallet (cidade natal do Ash), na região de Kanto e reencontram vários Pokémon que já vimos ao longo das temporadas passadas.

2 – Nanatsu no Taizai (The Seven Deadly Sins)


Esse anime foi uma indicação que escutei em um podcast chamado Iradex e na época fiquei bastante interessado.

Um dia sem ter o que fazer, estava caçando o que assistir na Netflix e me deparei com ele. Resolvi começar a ver e não parei mais.

O Anime estreou em 2014 e na Netflix tem a primeira temporada e mais quatro episódios de uma temporada especial. A segunda temporada estreou em janeiro de 2018 no Japão.

A história é comum, a Elizabeth, princesa do Reino de Liones, precisa reunir os sete cavaleiros mais fortes do reino que foram acusados de traição para que eles a ajudem na tentativa de salvar o pai dela.

Os cavaleiros são chamados de Pecados Capitais, guerreiros muito fortes, cada um possui habilidades distintas que o fazem muito perigosos. Cada um deles tem por nome um pecado, sendo o capitão a Ira.

Premissa simples e promissora, que em certos momentos empolgam, mas pecam muito em enfantilizar a história. Uma vez que não cabe, pois o anime é muito violento.

3 – Sakura Card Captors: Clear Card


O mais recente dos cinco, o novo anime da Sakura estreou em janeiro de 2018 e ainda só tem cinco episódios já exibidos no Japão, mas não fique triste, pois no Crunchyroll está saindo quase que concomitantemente à exibição no país do extremo leste asiático.

Como temos poucos episódios, mal dá para saber o desenrolar do plot, mas o que posso dizer é que o anime é aquilo que a gente já conhece de Sakura Card Captors. Personagens cativantes e histórias bonitinhas.

A Sakura agora um pouco mais velha está entrando no ensino médio, e terá que descobrir o porquê das cartas Sakura estarem transparentes. Junto disso temos a volta do antigo núcleo de família e amigos, e novas adições ao elenco de estudantes.

Aqui não tem erro, curti Sakura, vai fundo e comece a assistir a nova temporada.

4 – Sword Art Online


Talvez o mais antigo dos indicados, tendo estreado em julho de 2012 e possuindo 2 temporadas até agora. SAO é um dos animes mais famosos da última década, misturando RPG com VR traz altas aventuras e uma história bem pensada.

É o mais fácil de assistir de todos, podendo ser encontrado tanto na Netflix, quanto no Crunchyroll.

Resumindo a história, quando 10,000 pessoas começam a jogar o Sword Art Online, novo game de realidade virtual, descobrem que se morrerem no game, também morrerão na vida real. E mesmo que tentem tirar o equipamento (NerveGear) dos jogadores, também resultará na morte deles.

O único jeito de sair do jogo é completando todos os 100 andares de Aincrad, um castelo de aço que é o cenário de SAO.

A partir desse objetivo, alguns jogadores vão tentar completar o objetivo por si só, enquanto outros se juntam em grupos (guildas) e vão avançando lentamente. O problema é que o corpo na vida real está se deteriorando, então quanto mais tempo demorar para zerar o game, mais as chances de acontecer algum problema com o corpo, até mesmo a morte.

A premissa é perfeita, mas achei que correram muito para contar a história. Já que dos 25 episódios da primeira temporada, usam 15 para terminar esse arco. Na segunda metade da temporada já começa outro com a mesma premissa, mas prefiro não comentar para não contar demais.

O anime é muito bem produzido, bem animado, com história e personagens interessantes. Único defeito é o que falei, se apressam demais para contar a história. Curte RPG? Veja sem medo.

5 – Boruto


Por último, talvez um dos mais famosos desses animes. A priori você deve estar se perguntando sobre o que se trata. Eis que vos digo, é somente a continuação de Naruto.
Agora anos após os acontecimentos do anime ‘pai’, Boruto vai contar a história dos filhos daqueles personagens que a gente se apegou por anos.

Boruto é filho do Naruto com a Hinata e como o pai também tem suas travessuras, e ao contrário do seu progenitor, que queria ser reconhecido pela Vila da Folha, ele procura só ter a atenção do seu pai, que após virar Hokage mal para em casa.

O anime é uma espécie de remake/continuação, pois apesar de ter personagens do Naruto, conta a história de uma forma que quem nunca o assistiu vai conseguir se situar a aprender tudo só com Boruto.

Eu, que acompanhei Naruto, às vezes acho massante, porque explicam muita coisa e a história não anda muito. Só que quando anda, é tão divertido quanto. E ver Naruto como Hokage e superforte é demais.

O anime estreou em abril de 2017 e já possui quarenta e três episódios já exibidos. Também, é possível acompanhar pelo Crunchyroll.


E aí, em qual anime você vai se aventurar junto com a gente? Conte-nos o que achou das indicações! Até a próxima.

LEIA TAMBÉM