Swift

Resenha: Dark London - Contagem Regressiva


Hey, tripulação! Nos encontramos com a autora Pietra Von Bretch, em um evento, e ela curtiu bastante a temática geek do nosso blog e nos cedeu sua obra para resenharmos aqui para vocês e mostrarmos o que ela está trazendo por aí. Se você curte histórias vampirescas e cenários fantásticos, me acompanhem!

Dark London: Contagem Regressiva é o conto que abre as portas para a série Dark London, de Pietra Von Brecht. Aqui vamos conhecer Brian McIntire, um vampiro de mais de 450 anos, e que é apaixonado por Alexandrya Leon. E o mais interessante é que essa paixão perdura há mais de 400, desses anos todos.

Agora você estar pensando que Alex também é uma vampira, certo? Mas não. Ela é humana e Brian a seguia por todas as suas encarnações, bem como sofria com cada uma de suas mortes. 

Mas Alex também não é uma humana “comum”, e com certeza também irá conquistar os leitores, assim como McIntire — que no caso provavelmente conquistará mais as leitoras, hahaha. Nada de vampiros brilhantes nem criaturas formando boyband. A promessa aqui é de personagens “raiz”. Sem contar aquele clima de nostalgia que nos atinge durante a leitura.

Um toque de erotismo também permeia a narrativa, que a meu ver destoou um pouco do foco por conta da descrição profunda da cena, mas não sei dizer se assim também seguirá durante a série.

Pietra escreve muito bem e o conto consegue cumprir o papel de nos deixar ansiosos pelos livros da série, que já temos — inclusive — um pequeno trecho do início do primeiro volume de “A Profecia das Eras”.



Título: Dark London: Contagem Regressiva
AutorPietra Von Bretch
EditoraPvB Editorial

LEIA TAMBÉM