Swift

A Era dos Vilões | Venom


Olá, tripulação! A Era dos Vilões chegou aqui na nossa nave, mostrando que nem só de super-heróis viverão os geeks. Por isso, eu venho falar sobre um vilão que detém grande parte do meu amor e é um dos meus favoritos!

Depois do meu Capitão América — eternamente em primeiro lugar —, o Homem-Aranha é um dos personagens da Marvel que mais amo, e eu só tenho a agradecer por ele também ter um dos melhores vilões. Pode entrar, Venom!

Venom é facilmente reconhecido por sua linhagem alienígena, mas poucos sabem sobre sua origem e como ele chegou às HQs, mas é exatamente para isso que estou aqui! Porém, antes de chegar ao Venom, eu preciso falar um pouquinho sobre os Simbiontes e Klyntar. Ah, e fiquem tranquilos porque os tópicos estão em ordem cronológica.

Um Outro Vilão

Knull, o deus das trevas, controlou um exército de parasitas Simbiontes e causou bastante caos, mas foi derrotado por Thor. Após esse episódio, os demais Simbiontes bons, resolveram selar Knull em um planeta formado por nada menos do que uma massa gigantesca de outros Simbiontes, e o chamaram de Klyntar — que passou a dar nome à espécie. A partir daí, os Simbiontes propagaram a ideia de que Klyntar sempre fora seu planeta, na tentativa de apagar o mau episódio e restaurar a reputação, e também destruíram os demais Simbiontes malévolos.

Como ato de redenção, os Simbiontes procuraram representantes, benevolentes, de diversas espécies universo afora, oferecendo suas habilidades e os possuindo, assim criando os "Agentes do Cosmos" — que tinham como objetivo manter a paz pelo universo.


A Origem

Tudo ia bem em Klyntar e a 998ª geração da linhagem de Simbiontes chegava ao universo e, dentre os nascidos, estava Venom, que seria também destinado a um dos Agentes do Cosmos, porém seu hospedeiro se revelou mau e usou Venom para realizar um genocídio contra seu planeta. Como consequência de sua primeira experiência, Venom transformou-se em um Simbionte predatório, cheio de ódio e viciado em raiva. 

Um tempo depois, Venom foi capturado pelo traficante de armas Haze Mancer, que usava um composto químico para alterar Simbiontes, amplificando sua agressividade e sede de adrenalina — e o utilizou em Venom, o levando ainda mais pelo mau caminho. 

O Surgimento nas HQs 

Mais tempo se passou e chegamos ao arco das Guerras Secretas, e é aqui que nosso Simbionte aparece pela primeira vez nas HQs — toda a história que contei sobre a origem do personagem foi divulgada depois — e, ao contrário do que muitos pensam, o primeiro humano que hospedou Venom foi ninguém menos do que nosso querido mercenário tagarela — Deadpool — que devolveu o Simbionte à sua prisão, ao perceber que ele estava interagindo com sua mente e que poderia causar problemas, se conseguisse se aliar à sua loucura. Instantes depois, Peter Parker entra em cena e aí sim encontra Venom, que cobre o personagem como um uniforme negro mais “interessante”, porém Peter percebeu que ao utilizar essa nova roupa, se tornava mais agressivo e ficava exausto mais rapidamente — devido ao estouro de adrenalina que Venom exigia. 

Peter resolve então levar o uniforme ao Quarteto Fantástico, para que Reed o analisasse. Foi quando descobriram que o traje era "vivo" e que desejava intensamente ficar conectado a Peter e que, inclusive, controlava seu corpo enquanto ele dormia. Além disso, também identificaram que o Simbionte era sensível a ruídos altos e ao fogo. 

Venom escapou do laboratório e se infiltrou no armário de Peter, disfarçado como o uniforme tradicional e novamente se hospedou no Homem-Aranha. No entanto, Parker sentindo repulsa de Venom, vai até à torre de uma igreja e une sua vontade de rejeição ao alto som causado pelos sinos e consegue expulsar o Simbionte de seu corpo — e Venom ainda assim, o leva para um local seguro e foge em seguida. 

Inimigo do Homem-Aranha 

Decepcionado por Peter tê-lo rejeitado, Venom mais uma vez se hospeda em Deadpool por um tempo, mas o deixa, após perceber a admiração do mercenário pelo Homem-Aranha. Até que então ele encontra um ambiente perfeito para se hospedar: Eddie Brock, o cara que odiava o herói aracnídeo! E assim um alimentava o outro com o ódio pelo Homem-Aranha. No entanto, entre um combate e outro, Venom sempre tentava retornar para Peter, porque achava Eddie Brock inferior.

Nem Sempre Vilão

Mais tarde, Venom acaba gerando Carnificina, que se torna mais forte que seu pai. Agora, para deter Carnage, Venom e o Homem-Aranha declararam uma trégua e então se aliam, juntando suas forças para derrotar o Simbionte sedento de sangue.

Além disso, Venom chegou a ajudar Peter em outros episódios, embora passasse a maior parte do tempo contra o herói.


Mais Filhos

Um tempo depois, Venom (em Eddie Brock) foi capturado pela Life Foundation, que separou o Simbionte de seu hospedeiro e o forçou a dar a luz a mais cinco Simbiontes: Riot, Lasher, Phage, Agony e Scream, que seriam destinados a mercenários do grupo.


Um Clone

Durante um embate entre Venom, Homem-Aranha e Quarteto Fantástico, a língua do Simbionte foi cortada e acabou em posse da Corporação Ararat, que a utilizou para criar um clone modificado de Venom — Mania —, afim de criar um exército e destruir a humanidade. Felizmente o plano de criação do exército foi frustrado, quando Venom absorveu o clone.


Evolução 

Com o passar do tempo, o Simbionte foi se fortalecendo e amadurecendo, desenvolvendo resistência às suas fraquezas, mas também aumentando sua sede de sangue, o que deixou Eddie Brock receoso e passando a recusar as vontades de Venom, que chegou a deixar Eddie algumas vezes para procurar outros hospedeiros. Até que Eddie resolveu se livrar de Venom e passou a ser alucinado pelos impulsos obscuros que foram gerados em sua mente, após a convivência e a forte ligação com o Simbionte.

Outros Hospedeiros

Mais tarde, Venom se hospeda por um tempo em Angelo Fortunato, porém, quando Angelo foge de uma luta contra o Homem-Aranha fazendo o Simbionte se sentir humilhado, Venom o abandona e o mata.

Mac Gargan se torna o hospedeiro seguinte, fornecendo suas habilidades em troca da promessa de matar o Homem-Aranha, porém também foi derrotado pelo herói.
Um tempo depois, os Vingadores também conseguem controlar Mac Gargan e Venom com um dispositivo, na iniciativa dos Thunderbolts, fazendo-os atender os desejos da S.H.I.E.L.D.
Com o passar do tempo, Gargan começou a perder o controle sobre Venom e o Simbionte passou a fazer o que queria, quando então conhecemos uma das versões mais sanguinárias do vilão.

Com a ajuda da Miss Marvel — a linda da Carol Denvers — conseguem separar o Simbionte de Mac Gargan, porém Venom volta a se juntar mais uma vez ao humano, apenas o deixando definitivamente, quando capturado por militares americanos e levado para estudos.

Curiosidade fora da linha de cronologia: Venom também chegou a se hospedar no Hulk Vermelho e, ao mesmo tempo, ser possuído pelo Espírito da Vingança — do Motoqueiro Fantasma — imaginem o estrago! Mas isso é história para outro post.

Além disso, Venom esteve como hospedeiro em muitos outros personagens, mas a lista ficaria muito grande se eu mencionasse todos os demais por aqui, então trouxe apenas os principais.

Anti-Venom 

Como tentativa de cura ao seu câncer, após ter abandonado Venom, Eddie Brock participou de alguns experimentos que resultaram na alteração de resquícios do Simbionte, criando assim o Anti-Venom, que se manifestou quando o vilão tentou possuir Eddie mais uma vez, revelando-se exatamente o oposto e altamente tóxico ao Venom.


Agente Venom 

Após estudos, os militares conseguiram utilizar drogas supressoras sobre os desejos de Venom e então ele foi ligado ao coronel Eugene Flash Thompson — sim, o cara que fazia bullying com Peter Parker no colegial, mas agora adulto e amadurecido —, o único militar que conseguiu controlar o Simbionte, uma vez que o efeito das drogas não era total nem permanente. Com isso, Venom formava o uniforme de Flash, que só o utilizava em missões, para evitar ser possuído pelo Simbionte. 

Flash é uma das versões que mais gosto do Venom, e chegou a lutar ao lado vários outros personagens, como os Guardiões da Galáxia e até mesmo em missões com o Capitão América.


Agente do Cosmos 

Durante uma missão no Espaço, hospedado em Flash, Venom se vê confrontado com seu passado e recebe ajuda de seu planeta natal, que o purifica de sua corrupção e resulta em uma espécie de evolução do Simbionte, fazendo com ele consiga assumir uma forma humanoide, parecida com uma armadura, sem precisar de um hospedeiro, podendo finalmente se tornar um benevolente Agente do Cosmos. 

De Volta à Terra 

A missão termina e Venom retorna ao nosso planeta, juntamente com Flash, e mais uma vez outros vilões o corrompem, e então mais uma vez ele é purificado, e depois corrompido novamente e purificado mais uma vez e assim por diante, sempre sendo usado por algum antagonista, para amplificar algum desejo maléfico. 

Porém, no meio de toda essa transição, uma coisa é certa: Venom sempre terá os resquícios de sua primeira experiência com seu primeiro hospedeiro, que o presenteou com ódio e raiva, e por mais que o Simbionte tenha consciência disso em seu estado evolutivo atual, ele continuará suscetível a essas emoções e principalmente à vontade de seu hospedeiro, que pode controlá-lo e dobrá-lo, dependendo de sua força.

Nas Telonas

Venom chegou a aparecer no terceiro filme do Homem-Aranha (2007), da trilogia feita pela Sony Pictures e agora retornará em um filme solo, hospedando-se em Eddie Brock e — ao que tudo indica — mostrará os tempos em que Eddie age como vigilante, nas HQs, embora seja clara a divergência de sua chegada à Terra, diante dos trailers já revelados. Mesmo assim, estou esperançoso de que o filme não seja um desastre e que traga o Venom em todo o seu potencial para as telonas.


Eu confesso que cheguei a sentir um pouco de dó do Venom, por ele ser tão "usado", mas a verdade é que ele gosta disso e sua essência é atender aos desejos de seu hospedeiro, então ele "fica bem" com isso. Só espero que ele continue sendo esse parasita que ele sabe ser tão bem e que continue trazendo potencial aos demais vilões, para dar bastante trabalho aos super-heróis queridinhos.

Esqueci de mencionar algum ponto importante sobre o personagem? Se sim, deixem aqui nos comentários! Caso tenham alguma dúvida, também podem comentar que a gente conversa! #WeAreVenom!

LEIA TAMBÉM