Swift

Crítica | Alfa


Há uma constatação de que o cachorro é o melhor amigo do homem. Uma união solidificada ao longo dos anos que produz certo fascínio e, consequentemente, fonte de inúmeras análises - sejam através de livros, filmes, etc -. Mas você já se questionou como se iniciou está relação? Bom, Alfa, que estreia dia 06 de setembro nos cinemas, conta a origem desta inesperada amizade.

Voltando 20.000 mil anos no tempo, o espectador é levado a Idade do Gelo, onde vemos uma pequena tribo se preparando para uma caçada a fim de estocar comida para o próximo inverno. Nela se encontra Keda (Kodi Smit - McPhee) - filho do chefe da tribo e ávido a impressionar seu pai - que está se preparando para sua primeira jornada e caçada em grupo. 

No entanto, diante de uma fatalidade este acaba se ferindo e se vê sozinho, precisando sobreviver perante as ameaças que o mundo guarda. É numa dessas dificuldades, que o jovem acaba encontrando um lobo e de inimigos, acabam formando uma bonita amizade.
cr: Sony Pictures
Antes de tudo eu preciso mencionar que Alfa não possui uma trama nada inovadora, o que eleva o patamar do filme é este ser visualmente deslumbrante. Estamos diante de uma narrativa usual, onde os dois personagens se perderam de seus respectivos grupos e se unem para que assim consigam sobreviver ao inverno e reencontrar suas respectivas famílias. 

Sendo assim, estamos diante de um filme de sobrevivência e amizade, onde o duo consegue cativar. No entanto, há certos momentos em que a conexão entre Keda e Alfa falha em trazer a emoção necessária em tela, criando um impacto diferente do solicitado em cena, o que acaba tornando certas cenas forçadas.
cr: Sony Pictures
Ademais, a parte mais emocional produção vem através da direção de Albert Hughes, que mostra toda uma sensibilidade na retratação da amizade, como também, na preocupação em retratar um mundo tão belo quanto hostil. 

Alfa é um filme que traz uma jornada com belíssimas paisagens e efeitos especiais muito bem inseridos para explicar os primórdios da amizade entre o cão e o homem, fazendo com que o espectador embarque nesta conhecida narrativa.

A imagem pode conter: óculos de sol

LEIA TAMBÉM