Swift

Tentando entender o cancelamento de Demolidor


 O que está aconteceu em Hell's Kitchen?

Acho que todos ontem a noite foram pegos de surpresa quando foi anunciado Demolidor havia sido cancelado pela Netflix. Tendo sido a primeira série a ser produzida pela parceria Marvel/Netflix, a produção estreou em 2015 envolta ao hype dos fãs. Contudo todos se perguntam o que ocorreu e porque não veremos mais o Diabo de Hell's Kitchen?

Com uma terceira temporada promissora e com críticas positivas, ninguém esperava que esta viesse a ser interrompida, aliás todos estavam certos que uma quarta temporada estava a caminho. No entanto, a Netflix emitiu um comunicado oficial a revista Variety confirmando o que todos menos esperavam:

" Demolidor não irá retornar para uma quarta temporada na Netflix. Estamos muito orgulhosos da última temporada e embora seja doloroso para os fãs, achamos melhor encerrar a história em alta. Somos gratos ao showrunner Erick Oleson, os roteiristas, a equipe e o elenco, incluindo Charlie Cox como Demolidor, e agradecemos os fãs que nos deram suporte ao longo dos anos", declarou.

Apesar da triste notícia, o serviço de streaming informou que as três temporadas de Demolidor continuariam na Netflix pelos próximos anos e que o personagem iria "viver em futuros projetos da Marvel".

QUAL O MOTIVO?

Sinceramente acho que ainda não é clara a razão dos cancelamentos que as produções desta parceria têm sofrido. Só para refrescar a memória, Luke Cage e Punho de Ferro, outras duas produções que faziam parte deste universo também foram canceladas em outubro deste ano.

Muitos apostam que o fator decisivo está relacionado ao serviço de streaming que a Walt Disney irá lançar em 2019, o Disney+. Como todos sabem, a companhia é possuidora dos direitos da Marvel desde 2009. Sendo assim, mais que compreensível as séries irem para a plataforma desta.

Contudo, de acordo com a Deadline, o principal motivo para o cancelamento de Demolidor está no relacionamento entre Netflix e Marvel TV. Um exemplo disso, foi a tentativa de reduzir o número de episódios de 13 para 10 por temporada.

De acordo com a publicação, quando o acordo inicial foi realizado entre as duas companhias, a Netflix queria produzir conteúdo que chamasse atenção dos seus assinantes e investiu uma grande parcela de dinheiro nestas produções - que nunca veio ser de sua propriedade. Agora o cenário é outro, além do mercado do serviço de streaming ter aumentado consideravelmente (e seus gastos consequentemente), o conteúdo original produzido por esta triplicou, com isso, a Netflix tem tentado convencer a Marvel TV em diminuir o número de episódios por temporada. Outro fator, são as diferenças criativas que Demolidor vinha sofrendo, sendo prova disso a constante mudanças de showrunners.

DISNEY+

Como disse anteriormente, muitos apostam que o futuro de Demolidor e das outras séries que compartilham do mesmo universo seja a Disney+. Entretanto, durante minha pesquisa encontrei uma série de tweets do Alan Sepinwall, crítico da Rolling Stones, que discutia o assunto e esclareceu alguns pontos extremamente interessantes.



Resumindo o explicado por Sepinwall, o serviço de streaming da Disney não possui interesse em adquirir as séries, e mesmo que possuíssem a intenção de coloca-las em seu catálogo ou produzir novas temporadas, não vingaria por conta da natureza do contrato realizado entre a Netflix/Marvel TV. O que significa que Demolidor, Luke Cage e Punho de Ferro estariam canceladas de uma vez por todas sem chance de revival.

Ele também frisou de que o time da Marvel TV e da Disney+ são totalmente diferentes. Inclusive este, disse que os executivos da Marvel TV estavam sendo negligentes em relação as falhas criativas de suas séries - o que pode ter gerado os diferentes showrunners para as séries no serviço de streaming - ao não consertar suas falhas. Ou seja, não apresentando uma evolução, como Agents of S.H.I.E.L.D (citado por este).

Além disso, este mencionou que as séries do Disney+ estão sendo produzidas pelos executivos que trabalham nos filmes do estúdio, um time totalmente diferente dos responsáveis pela  Marvel TV que cuidam de Demolidor, entre outras séries. E caso houvesse a intenção de adquirir essas séries, isto não seria realizado agora e provavelmente começariam criativamente do zero, como foi realizado com Homem-Aranha, ao trocar Andrew Garfield por Tom Holland.

Por enquanto, Jessica Jones e O Justiceiro ainda estão seguindo o cronograma e irão apresentar novas temporadas, mas a verdade é que estes podem ser as próximas produções a darem seu adeus.

A verdade é que são inúmeros fatores e informações que convergem para o cancelamento de Demolidor. Espero que eu tenha sanado um pouco suas dúvidas e feito você entender algumas destas razões. Ainda continuo triste com a notícia e só me resta esperar que meu personagem favorito ainda apareça em alguma produção.

Câmbio, desligo.

LEIA TAMBÉM