Swift

Crítica | Amigos Para Sempre


Amigos para Sempre que chega aos cinemas dia 17 de janeiro e traz uma história baseada em fatos reais.

A produção é a versão americana do filme francês Intocáveis, trazendo no elenco nomes como Nicole Kidman, Bryan Cranston e Kevin Hart. Na trama, Philippe (Bryan Cranston) é um ricaço que devido a um acidente fica tetraplégico, e com isso, precisa de um cuidador que esteja disponível 24 horas por dia para suas necessidades.

É então que entra em cena Dell (Kevin Hart), um ex-presidiário que precisa com urgência de um emprego e comprovações de que está em busca de um à sua agente de condicional. Apesar de muitos percalços e dificuldades que uma pessoa sem experiência e preparo para o cargo venha a ter, os dois iniciam uma grande amizade cheia de aprendizados para ambos.

créditos: Imagem Filmes
Sabendo que a primeira adaptação do filme foi lançada em 2011 e comparações sendo inevitáveis, a produção dirigida por Neil Burger, no geral não difere muito da produção original. Amigos para Sempre trás a história com elementos atuais inseridos no cotidiano dos personagens e embora Kevin Hart tenha em seu currículo muitas produções de cunho humorístico, o ator faz uma boa dupla com Bryan Cranston, sabendo dosar a comédia e o drama muito bem.

Não deixando a história monótona e nem focada somente em humor, Amigos para Sempre é um filme leve e que passa uma mensagem forte de superação e união, além é claro da questão de inclusão visibilidade de pessoas com dificuldades motoras.





LEIA TAMBÉM