Swift

Crítica | Aventura Lego 2


Lego e Warner mais uma vez estão juntas para uma parceria que promete divertir crianças e adultos. Com um filme mais maduro e cheio de referências, Uma Aventura Lego 2 chega aos cinemas trazendo até a participação de atores que amamos.

No primeiro filme, vimos o protagonista Emmet (Chris Pratt) ser confundindo com um sujeito indispensável para salvar o mundo. Com isso, ele se junta a Batman (Will Arnett) e Lucy (Elizabeth Banks) para lutar contra um tirano, embarcando em uma aventura épica.

Emmet não tem nada de extraordinário, a não ser seu completo bom humor e visão otimista sobre tudo. Por isso, nesta sequência, após alguns eventos com formas de outro mundo, ele é a peça chave para resolver o problema.


crédito: Warner Bros Pictures
Estranhos seres alienígenas entram no mundo de Lego cinco anos após os eventos do primeiro filme. Espalhando o terror por toda a cidade, ela se torna Apocalipsópolis. Onde as pessoas se tornaram mais duras e severas com relação à sociedade e tudo que os rodeia. Porém, apesar de todo esse caos e humor sombrio na cidade pós-apocalíptica, Emmet continua sendo um ser puro, de bom coração e cheio de energia para dar e vender. Coisa que aparentemente irrita a maior parte de seus amigos, inclusive Lucy, que volta na sequência para acompanhar Emmet em mais uma aventura, assim como Batman e Unigata (Alison Brie).

A história fica mais madura, pois dentro do contexto do filme, nosso protagonista é obrigado a crescer de forma pessoal, social e emocional para lidar com as adversidades e obstáculos que enfrenta durante sua busca por Lucy e seus amigos, que são sequestrados por um alienígena.

Os adultos vão se divertir até mais que as crianças ao assistirem esse filme, pois há muitas referências do universo cinematográfico. Puxando desde filmes antigos, como De Volta Para o Futuro, até Liga da Justiça. Que, aliás, conta com nosso querido Jason Momoa dublando o Lego de Aquaman. Além de contar com as dublagens também  Margot Robbie como Arlequina  e Channing Tatum como a voz de Superman.


crédito: Warner Bros Pictures
Muitas piadas e menções à Marvel e DC ficam em pauta, além de Harry Potter e vários outros filmes. A parte mais incrível desse filme é exatamente ele trazer muitas coisas do nosso universo pop e misturá-las de forma que não fique uma história cansativa ou sem lógica, pois cada personagem tem sua função mesmo que mencionado uma ou duas vezes.

Por isso, vão ao cinema de mente aberta, pois o filme realmente pode surpreender e o contexto traz uma mensagem muito forte da importância que é a união e acima de tudo, assumir quando se precisa de ajuda e sabe que necessita do outro para conseguir algo para o bem comum.



LEIA TAMBÉM