Swift

TOP 5 | Filmes sobre bullying e saúde mental (parte 2)



Nosso primeiro post sobre bullying e saúde mental, chamou a atenção de muita gente, por isso hoje resolvi fazer uma segunda parte reunindo mais alguns filmes que falam sobre esse tema. É extremamente importante abrir esse diálogo e conversar sobre as consequências do bullying, como isso afeta a vítima e o por quê de o agressor agir dessa maneira. 

No momento em que estamos vivendo, a perseguição e a depreciação vem arruinando a vida de muitos jovens, por isso é sempre importante estar ciente das consequências geradas por causa desses atos. Nos filmes que separamos para falar um pouco aqui, vemos claramente todas as consequências e toda desolação que este mal causa da vida de quem sofre e nas pessoas que estão a sua volta. Vamos lá?

Depois de Lúcia


Para abrir a lista de hoje, separei essa obra mexicana que relata as consequências de um vídeo vazado, e a destruição que isso causa na vida da jovem Alejandra. Nossa protagonista Alejandra, acabou de perder sua mãe, e para recomeçar a vida, ela e o pai se mudam para a Cidade do México, onde esperam estreitar os laços e se curarem da recente perda. 

Como toda novata, Alejandra se vê sozinha em uma escola na qual não conhece ninguém, e tenta se enturmar com um grupo de alunos, tudo vai se encaminhando relativamente bem, porém após se envolver com um garoto que filmou a relação, a garota se vê no meio de um furacão, quando o vídeo vaza e ela começa a sofrer perseguições pesadas das pessoas que antes considerava amiga. 

O filme é cru e mostra tudo sem medo de esconder os detalhes, vemos todo o terror que Alejandra começa a enfrentar e toda crueldade que ela sofre nas mãos dos “colegas”. É desesperador e muito verdadeiro, vemos nossa protagonista entrar em uma depressão pesada, e as “brincadeiras” que fazem com ela são de nos deixar enfurecidos e com vontade de protegê-la. É um relato sombrio e verdadeiro sobre o bullying, devo avisar que o filme possui gatilhos e é bem forte, se forem assistir, assistam em um dia que estejam bem emocionalmente.

Extraordinário


Depois de um filme extremamente pesado, nosso segundo filme da lista é mais leve e traz uma mensagem de esperança. Extraordinário, é uma adaptação do livro de mesmo nome, escrito pela autora R.J. Palacio, e nos conta a história do pequeno Auggie Pulman, um garotinho que nasceu com uma deformação facial, e já passou por diversas cirurgias para conseguir enxergar e respirar.

Aos 10 anos de idade, Auggie nunca havia pisado em uma escola, e sempre fora educado em casa, porém após decisão de seus pais, nosso protagonista é matriculado em uma escola, e agora irá conviver com outras crianças de sua idade. Por causa de sua aparência, Auggie começa a sofrer bullying de seus colegas de classe que não entendem o porquê de ele ser diferente, e isso vai se desconstruindo com o tempo quando as crianças começam a entender e respeitar as diferenças.

É um filme bem família que ensina como é importante educar as crianças para lidarem com as diferenças, é uma lição de amor e de aprendizado. Tanto o filme, quanto o livro, tratam o assunto de maneira muito leve e com muito cuidado. Vale muito a pena conferir?

Antes que eu vá


Temos aqui mais um filme que foi adaptado de um livro, Antes que eu vá foi adaptado da obra escrita pela autora Lauren Oliver, e nos conta a história de Samantha Kingston, uma jovem que faz parte de um grupo de amigas bem no estilo Meninas Malvadas, e perseguem uma colega de classe humilhando e fazendo bullying diário com a menina.

Aqui vemos bem aquela frase “tudo que vai volta” e a nossa protagonista acaba sofrendo um acidente que causa uma rachadura no tempo e a faz viver o dia do acidente repetidamente. Todos os dias Samantha acorda e descobre que está revivendo o dia do acidente, e ela precisa entender o porquê disso, então passa a avaliar suas atitudes para corrigir seu erro e acabar de uma vez por todas com as repetições.

O filme é bem leve marca desde o início sua mensagem, é um drama adolescente que faz o agressor ter noção do quanto seu bullying afeta a vítima, e os faz refletir sobre suas atitudes. Eu gosto bastante do livro e achei o filme bem legal, vale a pena conferir?

Ferrugem


Agora vamos falar um pouquinho sobre como a internet também é uma ferramenta que possibilita muito para que o bullying seja cometido em grande escala. O filme nacional Ferrugem, aborda exatamente isso, nos mostrando como tudo ganha proporção nas redes sociais, e como isso afeta ainda mais quem sofre essa violência. 

Na história conhecemos Tati, uma garota que como todas as meninas de hoje em dia, está sempre conectada e adora compartilhar sua vida nas redes sociais, essa é a realidade de praticamente todo mundo né? A vida de Tati desmorona quando um conteúdo íntimo seu acaba vazando no grupo de whatsapp da sua turma na escola, e a partir de então a garota começa a sofrer toda a perseguição e machismo que uma mulher sofre quando acontece isso na vida real. 

O filme faz um ótimo trabalho nos mostrando essa realidade nas telas, e o senso de justiça grita dentro de nós aos assistirmos. É um belo acerto do cinema nacional e abre essa discussão muito importante, vale demais a pena? 

Sete minutos depois da meia noite


Para encerrar a lista de hoje, selecionei outro filme com protagonismo infantil, para mostrar como as crianças sofrem muito com esse mal e precisam de toda a atenção possível para se sentirem confiantes, e para lidarem da melhor forma possível com o bullying

Neste filme que também é adaptação de um livro escrito brilhantemente por Patrick Ness, conhecemos Conor, um garotinho que vive em uma realidade muito triste. Com seu pai ausente e sua mãe que está sofrendo de um câncer terminal, ele vive sob os cuidados de sua avó que o trata de maneira fria e não entende sua mente. Para piorar, Conor é muito solitário, e os dias no colégio são ainda mais difíceis por causa da perseguição que sofre. Seus colegas o vivem humilhando, e ele precisa lidar sozinho com tudo isso. 

Para fugir de toda essa realidade, Conor acaba entrando de cabeça em um mundo de fantasia todas as noites, exatamente sete minutos depois da meia noite, quando ele sonha com uma criatura que prometeu lhe contar três histórias desde que Conor também compartilhe suas histórias com ela, a partir de então esse tempo se torna o refúgio fantástico do garoto, que precisa de forças para enfrentar sua dura realidade. 

Esse é um dos filmes mais lindo que já assisti, e as mensagens que ele transmite são espetaculares. São ensinamentos valiosos, e nos faz lembrar da inocência infantil e como o sofrimento nos faz criar pontos de escape da realidade. Recomendo fortemente e tenho certeza que vai te emocionar muito.


Esses foram os cinco filmes que separei para vocês, espero que tenham gostado das indicações e se tiverem mais sugestões de filmes que falem sobre bullying, deixem aí nos comentários!

Devemos sempre conversar sobre o tema e cuidar um dos outros, pode ser que a pessoa ao seu lado esteja sofrendo com isso, então precisamos estar atentos e ajudar sempre. Até a próxima!

LEIA TAMBÉM