Swift

Crítica | Kardec: A História Por Trás do Nome


Contando a história do intelectual que dedicou sua vida à propagação da religião espírita, transformando esta também em uma ciência, a cinebiografia de Kardec: A História Por Trás do Nome chegou aos cinemas com uma narrativa sem exageros.

Dirigido por Wagner de Assis, a trama conta a história do educador francês Hypolite Leon Denizard Rivail, que mais tarde viria a ser conhecido como Allan Kardec. Um homem cético, mas escolhido pela espiritualidade para ser o propagador da religião espírita, estando hoje a maior parte dos seus adeptos aqui no Brasil.

Como disse anteriormente apesar do longa tratar da origem da religião, o título da produção realmente faz jus ao seu nome ao "decodificar" o homem por trás da figura. Protagonizado por Leonardo Medeiros - que por sinal cresceu com pais seguidores da doutrina - assume a responsabilidade de trazer a figura para as tela dos cinema, envolto a todo peso que seu nome possui. E confesso que este se sai muito bem ao descascar as inúmeras camadas deste complexo ser, que se vê diante de fenômenos e acontecimento que colocam à prova suas opiniões.
créditos: Sony Pictures Brasil
Se passando em Paris, o filme surpreende positivamente pelo seu cuidado estético, ao recriar a Paris do século XIX, mostrando tanto seu luxo quanto sua decadência. É nela que vemos as dificuldades do personagem na decodificação da religião em meio a tantos manifestos de intolerância religiosa e censura. Desde a perseguição da Igreja Católica, lembrando em inúmeros momentos os claros momentos da Inquisição, até a "caça as bruxas" dos médiuns que auxiliaram na criação do Livro dos Espíritos. 

No entanto, apesar de tantas dificuldades - que, por sinal, se repetem em nossa sociedade atual - que o personagem forma um pequeno ciclos de apoio em amizades, sendo a principais desta de sua esposa e grande companheira Amélie-Gabrielle Boudet, ou simplesmente Gabi para os mais íntimos. Uma mulher de personalidade doce, mas defensoras de seus ideias, que se torna o pilar de sustentação de Kardec em meio há tantas provas. Um verdadeiro retrato do companheirismo existente entre os dois.

Kardec: A História Por Trás do Nome é uma cinebiografia que homenageia sim o decodificador do espiritismo, mas traz em suas entrelinhas a necessidade de doarmos empatia e amor ao próximo como mensagem.

LEIA TAMBÉM