Swift

Resumão para te convencer assistir The 100


Como a maioria das séries que te indicam e você se recusa a assistir - ou por medo de se viciar ou pelo fato da história não te ganhar - com The 100 não foi diferente. Depois de muita insistência, me atrevi a assistir e não deu outra... Viciei! Não satisfeita, resolvi te entregar um resumão bem legal! Quem sabe você também não se interessa e finalmente dá uma chance a essa série.

Caso você não conheça a história aqui vai um rápido resumo: uma guerra nuclear dizimou boa parte do planeta e destruiu mais da metade civilização, deixando a Terra inabitável por conta da radiação. Os sobreviventes foram para o espaço e ao longo dos anos as 12 estações espaciais se uniram, formando a Arca. Contudo, após três décadas, a população da Arca aumentou e os recursos (como ar e alimentação) estão escassos. Para impedir o fim da raça humana, os comandantes decidiram enviar 100 jovens delinquentes para a Terra, na tentativa de testar a situação do planeta e descobrir se ainda existe possibilidade de vida para que possam retornar. Estes jovens, além de lidarem com as próprias diferenças, precisam se unir para enfrentar os perigos que os aguardam por causa da radiação. Para complicar, tudo indica que eles não estão sozinhos.


Na primeira temporada acompanhamos a trajetória dos 100 e aos poucos conhecemos a história de cada personagem, já conseguindo escolher quem a gente shippa e quem a gente quer que morra. Também acompanhamos os comandantes da Arca e as difíceis decisões que precisam ser tomadas a cada problema ou notícia dos 100 na Terra.

Além disso, descobrimos a existência de pessoas que conseguiram sobreviver a radiação e ao longo dos anos eles se organizaram em diferentes clãs, cada qual com uma única crença, mas diferentes formas de viver. Eles criaram regras severas e foram treinados como guerreiros. 

O ritmo da temporada é bom e você se empolga ao longo dos 13 episódios. No entanto, como disse anteriormente, o desenvolvimento dos personagens é uma das coisas mais legais de toda a produção. Tudo é novidade para os 100 e você passa a ver a Terra com outros olhos. Prepare-se para muitos acontecimentos que te farão vibrar e se emocionar – como os últimos episódios.


Partindo para a segunda temporada – tentando ao máximo não dar spoilers – os 100 (agora chamados de “Sky People” ou “Povo do Céu”) se deparam com uma nova ameaça e para combate-la eles terão que se unir aos “Grounders” (povo que já vivia na Terra), o que pode parecer uma aliança, vai se desfazer bem rápido devido a alguns acontecimentos de dar muita raiva. Paralelo a isso, temos outros personagens que vão em busca da “Cidade da Luz”, que na verdade não é uma cidade e será o caos de toda a terceira e quarta temporada. 

Resumindo os 16 episódios: nesta temporada você vai se deparar ainda mais com as diferenças de cada povo e conhecer muitos outros clãs e o choque entre suas culturas. Além disso, veremos o estilo de governança de cada líder e suas respectivas decisões - que nem sempre são corretas ou as melhores. 


A terceira temporada confesso que é bem cansativa, mas infelizmente tudo o que acontece tem um porque, mas já aviso que alguns personagens ficam insuportáveis. 

Também com 16 episódios – que parecem eternos – nesta temporada também temos duas narrativas distintas: boa parte da temporada é focada na “Cidade da Luz”, que na verdade é ALIE, uma inteligência artificial programada por uma cientista que ligará toda a história (nas próximas temporadas também). E a outra focada nos clãs e novas tretas. 

Meu conselho é respirar fundo e assistir, o final melhora um pouco, mas a recompensa vem depois, porque temos uma quarta, quinta e sexta temporada com zero defeitos! 


A quarta temporada posso dizer que é de roer as unhas! Com 13 episódios, uma nova onda de radiação chamada Praimfaya está prestes a acontecer e todos os 13 clãs “grounders”, incluindo os “Sky People” precisam se unir e encontrar uma solução para que não aconteça de vez o fim da humanidade. Mas como aprendemos desde a primeira temporada, toda aliança sempre vem recheada de muita treta e estas são muito emocionantes. Ah, sem dar spoilers, mas já te preparando, haverá muitas mortes.

Nossos heróis enfrentam à dura verdade de que a raça humana esta condenada a enfrentar um inimigo imbatível: os reatores nucleares remanescentes na Terra derreteram e estão incendiando a atmosfera. Com pouco tempo para se preparar para o pior e todas as soluções possíveis desaparecem quase tão rapidamente como eles conseguiram encontra-las. É realmente uma contagem regressiva para o fim do mundo (só faltou tocar CPM 22 hahaha).

No último episódio temos uma passagem de tempo de seis anos e os próximos eventos acontecerão na quinta temporada.


Na quinta temporada continuamos a constante saga da sobrevivência do restinho da humanidade e do nosso planeta Terra. Porque depois de mais um "fim do mundo", nossos heróis serão forçados a ir para lugares inimagináveis ​​para continuarem vivos.

Com 13 episódios, vemos o que sobrou de Praimfaya e como eles são obrigados a recomeçar e avaliar suas responsabilidades em um novo lugar que eles têm para chamar de lar. Mas como humanos, temos as fraquezas da natureza humana e alguns personagens perdem a força de se levantar das cinzas.

Aqui você terá literalmente uma montanha russa de amor e ódio por alguns personagens. Esta temporada é tão maravilhosa que mesmo sentindo ódio (em alguns momentos), você percebe, que sem dúvidas, esta seja a melhor temporada de todas! Recheada de reviravoltas, a série reforça a filosofia de que não existe "bem ou mau", e sim, somente a luta para sobreviver. O que você faria se estivesse no lugar deles? 

Sem mais delongas, vocês podem se preparar para o episódios finais porque é de chorar em posição fetal. Ainda não superei!


A sexta temporada é aquele momento que você acha que finalmente vai ficar tudo bem, mas como já aprendemos nas temporadas anteriores: somos humanos e "criar caos" vem incluso no combo!

Em 13 episódios com mais cores, aqui temos novos desafios e um novo lugar para tentar chamar de "casa" (não vou contar para não estragar a surpresa). Mais uma vez nossos heróis são obrigados a tomar certas atitudes baseadas em sua sobrevivência. Também temos o fim de algumas crenças, e a pior parte, é que chega a hora de dar adeus para alguns personagens que estão com a gente desde o comecinho da série.

O final deixa várias lacunas abertas e atiça ainda mais a ansiedade para a sétima e ultima temporada que estreia em 2020 e terá 16 episódios - terminando a série com 100 episódios.

Ah, não esquece de deixar aqui nos comentários se eu te convenci a assistir – lembrando que depois é obrigatório voltar aqui para dizer o que achou, ok?

May we meet again!

LEIA TAMBÉM