Últimos Posts
series-e-tv category image

Cobra Kai | 4 motivos para assistir a série

8 setembro 2020 1 Comentários

cobra kai

Cobra Kai chegou mês passado na Netflix e já se tornou a série mais vista do serviço de streaming. Criada em 2018, a produção ganhou uma nova casa – sua emissora original é o Youtube – após a plataforma anunciar que não iria produzir mais séries originais. Sendo esta a oportunidade perfeita para Netflix comprar seus direitos de exibição.

Tendo conquistado uma verdadeira legião de fãs, Cobra Kai acompanha o elenco original de Karatê Kid 30 anos após os eventos dos filmes e nada mais justo do que trazer os motivos para você dar uma chance a essa série.

UMA CONTINUAÇÃO DIGNA

Cobra Kai texto

A história de Daniel-san é conhecida por muitos, já que Karatê Kid não foi apenas um marco dos anos 80, mas também dentro da cultura pop. Sua narrativa influenciou inúmeras gerações e sempre foi querida por um número considerável de fãs. Diante disso, ao sair a notícia de que revistaríamos essa história, muitos não se mostraram animados até porque quando Hollywood tenta trazer de volta histórias tão icônicas, na maioria dos casos, o produto final tende a não ser satisfatória. Contudo, Cobra Kai mostrou que seria diferente.

Leia também:

Sim, estamos diante de uma produção que acompanha Johnny Lawrence (William Zabka) e Daniel Larusso (Ralph Macchio) trinta anos após os eventos dos filmes – no caso Karatê Kid 1,2,3 e 4, criando um universo canônico. Contudo, o que mais gosto em Cobra Kai, é que apesar da nostalgia, sua trama trás uma sobriedade quando trata da vida desses personagem.

Se propondo em ampliar a história, a série consequentemente traz complexidade e certa profundidade a antigos conhecidos. Se desfazendo do conceito de vilão e mocinho, ela nos reintroduz Johnny e Daniel como pessoas que vivem em realidade diferentes, mas que buscam um certo balanço em suas vidas através de novos aprendizados. E é por isso que Cobra Kai funciona, ao mostrar essa busca pelo equilíbrio mesclando uma jornada digna e humana aos elementos que amamos de Karatê Kid.

TODA A HISTÓRIA POSSUI DIFERENTES PERSPECTIVAS

Cobra Kai 2

Outro ponto positivo é o protagonista da história ser Johnny (William Zabka).  O aprofundamento de uma narrativa sob uma nova perspectiva é sempre bem-vinda desde que feita de modo orgânico. Em Cobra Kai conhecemos Johnny como um cara que bebe demais, é ranzinza, não consegue ter um emprego estável, além de ser um pai ausente. A série não constrói personagens perfeitos. Ela sabe mostrar as falhas e qualidades de cada um e trazer Johnny como protagonista só reforça essa ideia.

Sabe aquela cena final de Karatê Kid onde o Johnny entrega o troféu ao Daniel? Talvez ali fosse o primeiro resquício de bondade de um personagem que foi construído de uma forma maniqueísta.

Leia também:

Ao coloca-lo no centro da história o personagem não ganha apenas profundidade, mas também humanidade. Um exemplo disso, é o episódio em que o personagem vai encontrar seus antigos amigos para passar um fim de semana junto com Tommy (Robert Garinson) que infelizmente está com câncer – o ator na vida real também veio falecer devido a doença. Com diálogos que falam sobre segunda chance, amizade e passado a cena mostra como Cobra Kai pode ser uma história de redenção sem ser piegas.

UM ENCONTRO DE GERAÇÕES

Por mais que Cobra Kai atraia os fãs do filme, ele também consegue conversar com a nova geração, e isso é usado na narrativa da série ao permitir a troca constante de conhecimentos entre pupilos e sênseis. Sabemos que Johnny não é uma das pessoas mais educadas, mas o que faz dele ser um bom mentor é seu objetivo de que seja respeitado por seus alunos; não por meio da violência, mas por tentar entende-los ao seu modo.

Em pleno 2020 onde certas visões tóxicas não devem ser perpetuadas, Johnny que sempre foi visto como um machão, se vê diante de jovens que representam uma nova realidade. Pessoas que não escondem sua sensibilidade e discutem assuntos como bullying, depressão e até mesmo questões de gênero. A série atualizou sua narrativa, como também, soube abordar assuntos tão complexos de uma forma leve e simples de forma que todas as gerações compreendam. O que também rende momentos engraçados como o de Johnny tentando entender o que é mídia social.

Óbvio que nem tudo são flores e vemos tomarem escolhas erradas ao longo das duas temporadas (principalmente no final da segunda), mas Cobra Kai é isso, uma série sobre encontrar o equilíbrio em nossas vidas. Até porque todo ser humano é passível de falhas.

NOSTALGIA e EASTER EGGS

Obviamente que não podia deixar de falar sobre a nostalgia que a série traz, até porque é impossível. Desde a trilha sonora compostas por bandas como Poison até lugares, participações, cenas, objetos que remetem aos filmes, marcam presença nos episódios da série. Contudo, Cobra Kai consegue equilibrar muito bem esse elemento, não apoiando sua história somente nessa sensação.

Com a terceira temporada já confirmada, só nos resta saber quais novos momentos farão com que embarquemos no trem da nostalgia.

As duas temporadas de Cobra Kai se encontram disponíveis na Netflix e uma terceira já foi confirmada!

Ah, não esquece de seguir a gente lá no Instagram: @EuAstronauta. Até a próxima!

1 Comentário