Últimos Posts
cinema category image

Atores que foram ao extremo por seus personagens

6 maio 2020 0 Comentários

atores que chegaram ao extremo por seus personagens

Alguns imaginam que atuar seja apenas um trabalho divertido em que não se requer esforço. Contudo, essa concepção é totalmente equivocada. A arte de interpretar requer um grande esforço dos atores em cena. A dedicação de trazer uma atuação crível tanto para a produção como para o público, faz com que alguns atores se dediquem tanto que acabam sofrendo males físicos e psicológicos. Diante disso, separei alguns filmes em que atores foram ao extremo por seus personagens.

HEATH LEDGER (CORINGA), EM “BATMAN – CAVALEIROS DAS TREVAS”

coringa

Acho que quando falamos de Coringa, não é possível deixar de associar o personagem com Heath Ledger. Toda a construção do personagem feita pelo ator é algo emblemático e que entrou para a história do cinema. Contudo, para chegar a esse nível de interpretação Ledger se trancou por um mês em um quarto de hotel. Durante esse período, o ator dormia muito pouco e passava seus dias escrevendo em um caderno de anotações coisas que o personagem acharia engraçado.

A imersão do ator foi tão grande que isso lhe causou (entre outros fatores) um desequilíbrio emocional, agravando seu quadro depressivo. Infelizmente,  o ator veio a falecer em 2008 devido a uma overdose de medicamentos. 

Em 2009, este chegou a receber um Oscar Póstumo de “melhor ator coadjuvante” por sua atuação como Coringa.

NATALIE PORTMAN (NINA), EM “O CISNE NEGRO”

 atores que foram ao extremo por seus personagens

Para viver a bailarina em busca da perfeição em o Cisne Negro, Natalie Portman treinava  cerca de oito horas por dia balé, como também, perdeu 9 quilos para viver Nina, no filme de Darren Aronofsky. Com um treinamento rigoroso e uma dieta restrita, a atriz acabou deslocando uma de suas costelas durante os treinos. Segundo ela, durante algumas noites ela pensava que realmente fosse morrer devido as privações que teve que enfrentar  para o papel.

O ELENCO DE “UM ESTRANHO NO NINHO”

atores que foram ao extremo por seus personagens

Muitos não têm conhecimento, mas parte elenco de Um Estranho no Ninho chegou a se internar em um hospital psiquiátrico para se preparar para os seus respectivos papéis. Jack Nicholson, Danny DeVito, entre outros, se internaram para ver de perto o comportamento de pacientes reais, já que teriam dar vida à personagens nas mesmas condições.

ANNE HATHAWAY (FANTINE), EM “LES MISERABLES”

les miserables

Para dar vida a Fantine em Les Miserables, Anne Hathaway perdeu quase 10 quilos – comendo apenas mingau por semanas – e raspou a cabeça. Entretanto, a atriz ficou tão obcecada pela personagem, que demorou semanas para sair do papel e voltar ao mundo real. Também admitiu que todo o processo foi mentalmente exaustivo.

ROBERT DENIRO (MAX CADY), EM “CABO DO MEDO”

atores que foram ao extremo por seus personagens

Ao viver o sociopata Max Cady em Cado do Medo, Robert De Niro não sossegou até achar um dentista que estragasse/deformasse seus dentes para que desse mais realismo ao personagem que passou anos na prisão. No fim das contas, o ator conseguiu achar um profissional bastante corajoso para a tarefa, e após as filmagens teve que desembolsar o valor de US$ 20.000 para deixar seus dentes como estavam antes.

DANIEL DAY LEWIS (CHRISTY BROWN), EM “MEU PÉ ESQUERDO”

meu pé esquerdo

O ator é conhecido por utilizar técnicas bem incomuns para ‘encarnar’ seus personagens. No longa Meu Pé Esquerdo, Daniel Day Lewis interpretou um personagem com paralisia cerebral, tendo permanecido durante todo o processo de filmagem em uma cadeira de rodas, o que acarretou em duas costelas quebradas para o ator.

JIM CARREY (ANDY KAUFMAN), EM “O MUNDO DE ANDY”

jim Carrey

Jim Carrey já provou que sabe interpretar papéis dramáticos, porém em O Mundo de Andy o ator se aprofundou demais em seu personagem. Para viver Andy Kaufman, o ator se distanciou de familiares e amigos, como também, só aceitava ser chamado de Andy ou Tony (o alter ego de Kaufman). Outro fator curioso é que Carrey queria tanto vivenciar as experiências do personagem que ao reencenar a briga ocorrida entre Andy e o lutador de MMA, Jerry Lawler, no programa “Late Night with David Letterman“, este pediu para que o lutador – que iria interpretar ele mesmo na produção – desse a chave de braço que deixou Kaufman hospitalizado por três dias. Por óbvio este pedido foi negado tanto pelo lutador como pela produção do filme.

CHRISTIAN BALE (TREVOR REZNIK), EM “O OPERÁRIO”

Para viver Trevor Reznik em O Operário, Christian Bale passou por uma dieta rigorosa ao longo de quatro meses que consistia em apenas em uma lata de atum e uma maçã por dia, como também, começou a fumar para frear seu apetite. Seu objetivo era perder 45 kg para o papel, contudo a produção do filme e médicos proibiram o ator de continuar com tal dieta diante desta ser um risco à sua saúde. Apesar de tudo, Bale conseguiu perder 29 kg para viver o personagem.

 Leia também:

Definitivamente nenhum desses métodos são aconselháveis, porém só demonstram a dedicação que os atores tem a suas profissões e aos trabalhos que estão envolvidos. Você conhece algum ator que também foi longe demais para um papel ? Deixe nos comentários.

Curtiu? Deixe nos comentários sua opinião e aproveite para seguir nosso Instagram clicando aqui.